Ao mesmo tempo em que clubes da Premier League começam a se movimentar para revogar a medida que fecha a sua janela de transferências antes da primeira rodada, e portanto também antes da maioria das outras ligas, segundo o Telegraph, o treinador Diego Simeone, do Atlético de Madrid, afirmou que gostaria que o mesmo acontecesse na Espanha.

O mercado fecha em La Liga e na maioria do restante da Europa na segunda-feira, quando o campeonato já terá completado três rodadas, e Simeone acha que seria melhor começá-lo sabendo com quais jogadores poderá contar, ecoando declarações parecidas de Ernesto Valverde, comandante do Barcelona, que reclamou das incertezas em relação ao seu elenco, especialmente com boa parte dele sendo especulado em uma possível troca por Neymar.

“Estamos dizendo, e escuto outros colegas que pensam igual, esperamos que a janela feche para definir quais rapazes estarão até o final da temporada”, afirmou Simeone, antes de enfrentar o Eibar, neste domingo. “Eu gostaria que fosse que nem na Inglaterra, para que todos começassem com o elenco da temporada”.

A medida também teve aceitação em princípio dentro da Premier League, tanto que foi aprovada, mas eventualmente a Espanha passaria pelo mesmo problema: a não ser que todas as ligas financeiramente relevantes comecem ao mesmo tempo, o que é difícil de acontecer por que cada país tem seu calendário, quem decidir encerrar os negócios mais cedo deixará os seus clubes vulneráveis à abordagem estrangeira.