O Everton ainda enfrenta dificuldades para embalar na Premier League. Mesmo com um time bastante caro, os Toffees oscilaram demais nas primeiras rodadas da competição. No entanto, vêm de duas vitórias consecutivas e neste sábado arrancaram um triunfo para sinalizar seu crescimento. A equipe de Marco Silva visitou o Leicester no Estádio King Power e celebrou os 2 a 1 no placar. Os brasileiros tiveram seu destaque, com a combinação entre Bernard e Richarlison valendo o primeiro tento. Ainda assim, os três pontos só vieram graças a um gol exuberante de Gylfi Sigurdsson, matando a coruja na meta de Kasper Schmeichel.

O primeiro gol do Everton saiu aos sete minutos. Jogadaça de Bernard, em seu primeiro compromisso como titular na Premier League. O ponta bagunçou pela direita e mostrou a alegria em suas pernas ao entortar dois marcadores, antes de cruzar para Richarlison arrematar. Foi o quarto tento do atacante nesta Premier League, em seis partidas disputadas. Entretanto, o Leicester também criou algumas boas chances e empatou aos 40, em contra-ataque de manual concluído por Ricardo Pereira.

As Raposas eram melhores no início do segundo tempo, mas foram freadas aos 18 minutos, quando Wes Morgan recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Permitiu que os Toffees se tornassem mais agressivos e aumentassem a pressão. O gol da vitória aconteceu aos 32 minutos, em lance da mais pura categoria de Sigurdsson. O islandês recebeu na intermediária, tirou o marcador com um belíssimo giro e, com o caminho livre, mandou a bola no ângulo de Schmeichel, sem qualquer chance de salvar. Sensacional maneira de assegurar a vitória.

O resultado deixa o Everton na décima colocação, com os mesmos 12 pontos do Leicester, que aparece em nono. O caminho ainda é longo para os Toffees, por mais que se aproximem dos times que ambicionam as vagas nas competições europeias. Precisam de uma sequência melhor para se firmar. Ao menos o ânimo se restabelece, depois de uma sequência ruim ao longo de setembro.


Os comentários estão desativados.