Shakhtar segue sem vencer e empata com APOEL na Ucrânia

Após perder para o Porto na estreia, o Shakhtar Donetsk apenas empatou nesta quarta-feira com o APOEL, do Chipre, em casa e segue sem vencer na Liga dos Campeões. O resultado de 1 a 1 deixa a equipe ucraniana na lanterna do Grupo G, atrás dos cipriotas, que lideram a chave – Porto e Zenit têm três pontos.

A primeira chance do Shakhtar para abrir o placar veio logo aos seis minutos, com Willian, que chutou de longe e Dionisios Chiotis fez grande defesa. Melhor no jogo, os ucranianos pressionavam bastante. Aos 32, Razvan Rat chutou e a bola foi bloqueada. No rebote, Willian cruzou na área e ninguém aproveitou.

Ao final do primeiro tempo, o Shakhtar finalizou 14 vezes ao gol do APOEL, que por outro lado bateu apenas uma bola ao gol.

Já na segunda etapa, os gols apareceram. Aos 16, o APOEL largou na frente: Ivan Trickovski invadiu a área e tocou na saída de Olexandr Rybka. Três minutos depois, porém, o Shakhtar empatou. Willian foi à linha de fundo e cruzou para Jadsom completar.

A partir daí o Shakhtar voltou a pressionar para buscar a virada, e esta esteve próxima de acontecer aos 48 minutos, quando Willian cobrou escanteio, Chiotis desviou mal e a bola sobrou na área, onde ninguém completou.

Ficha técnica

Shakhtar Donetsk 1×1 APOEL

Local: Donbass Arena, em Donetsk (UCR)
Data: 28/set, quarta-feira
Árbitro: Robert Schörgenhofer (AUT)
Cartões amarelos: Olexandr Chyzdov e Razvan Rat (Shakhtar);
Gols: Jadson aos 19'/2T (Shakhtar); Ivan Trickovski aos 16'/2T (APOEL)

Shakhtar Donetsk
Olexandr Rybka, Darijo Srna, Olexandr Kucher, Olexandr Chyzdov e Razvan Rat; Henrikh Mkhitaryan, Tomás Hübschman, Jadson, Alex Teixeira (Douglas Costa aos 20'/2T) e Willian; Luiz Adriano (Yevhen Seleznyon aos 31'/2T). Técnico: Mircea Lucescu.

APOEL
Dionisios Chiotis, Savvas Poursaitides, Marcelo Oliveira, Paulo Jorge e William Boaventura; Hélio Pinto, Nuno Morais, Sanel Jahic (Marcinho aos 13'/2T), Gustavo Manduca (Constantinos Charalambides aos 7'/1T) e Ivan Trickovski; Aílton (Esteban Solari aos 32'/2T). Técnico: Ivan Jovanovic.