Shakhtar perde para Zenit e fica em situação delicada na LC

Com uma grande atuação no primeiro tempo e apesar de muitos gols perdidos, o Zenit derrotou o Shakhtar Dontesk por 1 a 0 nesta terça-feira, em São Petersburgo, pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Com o resultado, o Zenit soma agora sete pontos no Grupo G e assume momentaneamente a  liderança da chave. o Shakhtar, com apenas dois, é o último colocado e tem chances remotas de classificação para a segunda fase.

O Zenit começou a partida buscando mais o ataque, sobretudo nas jogadas com o português Danny pelo lado esquerdo. O time russo, porém, pecava muito no último passe, esbarrando sempre na defesa bem postada do Shakhtar, que pouco ameaçava nos contragolpes.

A primeira grande chance do Zenit aconteceu aos 29 minutos, quando o Igor Denisov chutou de fora para defesa parcial de Olexandr Rybka. No rebote, Konstantin Zyryanov finalizou e Rybka fez nova defesa. Aos 37, Danny acertou belo chute sem ângulo na trave, e dois minutos depois, o português cruzou para Aleksandr Bukharov cabecear para nova defesa do goleiro ucraniano.

De tanto tentar, porém, o Zenit teve sua insistência premiada aos 46 minutos, quando Viktor Fayzulin cobrou escanteio e Nicolas Lombaerts se antecipou à zaga para tocar de cabeça para as redes. 1 a 0.

Na segunda etapa, o jogo foi mais aberto. O Shakhtar passou a buscar mais o ataque, mas era o Zenit quem criava as melhores oportunidades. Aos 12 minutos, Roman Shirokov quase ampliou em chute de pé esquerdo que passou rente à trave de Rybka. Os ucranianos responderam logo depois, em chute de Alex Teixeira que obrigou Vyacheslav Malafeev a fazer sua primeira defesa no jogo.

Aos poucos, porém, o Zenit foi administrando a vantagem, recuando e neutralizando as investidas do Shakhtar, que, desesperado, já não conseguia mais organizar jogadas de ataque.

Ficha técnica

Zenit 1×0 Shakhtar Donetsk

Local: Petrovski, em São Petersburgo (RUS)
Data: 01/nov, terça-feira
Árbitro: Stéphane Lannoy (FRA)
Gol: Nicolas Lombaerts aos 46´/1T (Zenit)
Cartões amarelos: Igor Denisov, Danko Lazovic (Zenit) Darijo Srna, Willian e Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk)

Zenit
Vyacheslav Malafeev, Aleksandr Anyukov, Nicolas Lombaerts, Tomas Hubocan e Domenico Criscito; Igor Denisov, Konstantin Zyryanov, Roman Shirokov, Viktor Fayzulin e Danny (Danko LazoviC aos 40´/2T); Aleksandr Bukharov (Sergei Semak aos 36´/2T). Técnico: Luciano Spalletti.

Shakhtar Donetsk
Olexandr Rybka, Darijo Srna, Olexandr Kucher, Yaroslav Rakitskyi e Vyacheslav Shevchuk; Tomas Hübschman, Henrik Mikhtaryan, Alex Teixeira (Douglas Costa aos 23´/2T), Eduardo da Silva e Willian; Luiz Adriano (Evhen Seleznyov aos 32´/2T). Técnico: Mircea Lucescu.