Serie A

Um gol do Genoa nos acréscimos do segundo tempo dificulta a vida da Roma na Serie A

A reta final da Serie A é uma grande contenda para ver quem não quer se classificar à Liga dos Campeões. Afinal, os principais clubes que se candidatavam ao G-4 acumulam resultados ruins nas últimas semanas, permitindo a ascensão de Atalanta e Torino. A Roma está entre os que oscilam. Até vem de uma sequência invicta, mas sua propensão a entregar os pontos sempre atrapalha. Neste domingo, a vitória parecia nas mãos dos visitantes dentro do Estádio Luigi Ferraris. Contudo, os giallorossi cederam o empate por 1 a 1 ao Genoa no fim e agradecem por não terem sofrido a virada.

O gol da Roma demorou a sair. Afinal, o jogo era aberto e os dois goleiros acumulavam grandes defesas. Desta maneira, os visitantes só abriram o placar aos 36 do segundo tempo, graças a uma chicotada de Stephan El Shaarawy. Todavia, o Genoa buscaria o empate nos acréscimos. Após cobrança de escanteio, Cristian Gabriel Romero subiu entre três adversários e mandou para dentro. E quando o relógio já marcava 50 minutos, Antonio Mirante cometeu um pênalti para o Grifone. Ao menos o goleiro se redimiu, defendendo a cobrança de Antonio Sanabria, no meio do gol. A igualdade, ao final, mais atrapalhou do que ajudou ambos os times.

A Roma ocupa a quinta colocação. Está a três pontos da Atalanta, mais firme no G-4 após virar contra a Lazio na capital. Além disso, os giallorossi podem permitir que o Milan os iguale nesta segunda, caso os rossoneri derrotem o Bologna. Já o Genoa ainda vê o risco de rebaixamento por perto. O time é o 16°, a quatro pontos do Z-3. Restam mais três rodadas para o fim da competição.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo