ItáliaSerie A

Sexta vitória seguida, com golaço, era justamente o que a Roma precisava

A vida pode não estare muito fácil quando se pensa em Champiohns League. a Roma saiu perdendo por 2 a 0 em casa contra o Real Madrid, o que praticamente lhe tira a chance de se classificar. Mas a chegada de Luciano Spalletti parece ter causado um efeito positivo. Neste sábado, o time da capital italiana emplacou a sexta vitória consecutiva no Campeonato Italiano e segue em grande fase. E mais: tem Stephan El Shaarawy, que chegou em janeiro, jogando muito bem.

LEIA TAMBÉM: A despedida de Totti na Roma se aproxima mais amarga do que imaginávamos

Desde que perdeu para a Juventus no dia 24 de janeiro, a Roma só venceu jogando na Serie A. Foram triunfos diante de Frosinone, Sassuolo, Sampdoria, Carpi, Palermo e, neste sábado, o Empoli. Desta vez, por 3 a 1. E com El Shaarawy chegando a quatro gols pelo clube, em um ótimo início para quem vinha tão mal nos últimos anos.

As vitórias são muito importantes para um time que continua lutando por uma vaga na Champions League, é claro. Só que mais ainda do que as vitórias por si, as atuações têm ajudado a dar mais confiança. E isso é importante também para o time, especialmente depois de semanas conturbadas como foram as duas últimas, com a rusga entre Totti e Spalletti.

LEIA MAIS: A aceitação de Totti como reserva é um triste sinal para a Roma

Brigar pelo título parece distante demais. Mas brigar pela Champions League é não só viável como é o time em melhor posição. Mas a briga promete. A Juventus lidera com 58 pontos, o Napoli vem em seguida com 57. Os dois parecem ser os únicos capazes de brigar, de fato, pelo título. A Roma tem 53 pontos, em terceiro lugar, seguida por Fiorentina, 52, Inter, 48, e Milan, 44 (estes últimos ainda com jogos a fazer nesta rodada).

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo