Serie A

Roma ensaia tropeço diante do Torino, mas consegue uma importante vitória

A Roma conseguiu uma vitória muito suada sobre o Torino, na capital italiana, por 3 a 2. Mais uma vez, o meio-campista Nicolò Zaniolo se destacou, marcando um gol na raça. O time, porém, sofreu na defesa depois de abrir 2 a 0 no primeiro tempo e sofrer o empate por 2 a 2 na segunda etapa. O time de Eusebio Di Francesco arrancou um gol que o colocou à frente no placar mais uma vez para conseguir uma vitória importante no Campeonato Italiano.

LEIA TAMBÉM: Balanço do primeiro turno da Serie A, parte 2: o ‘blocão’ europeu e a caça à Juventus

O jogo começou bem para a Roma. Aos 15 minutos, Zaniolo aproveitou um bate e rebate dentro da área para chutar duas vezes antes de marcar 1 a 0, já se desequilibrando. Aos 34 minutos, de pênalti, a Roma aumentou o placar para 2 a 0. O jogo parecia tranquilo, mas o que se viu no segundo tempo foi completamente diferente.

Em pouco mais de 20 minutos o Torino chegou ao empate no estádio Olímpico de Roma e deixou os torcedores apreensivos. Aos seis minutos, em um chute de fora da área, Tomás Rincón marcou. Aos 22 minutos, novamente em um chute de fora da área, o Torino empatou. Cristian Ansaldi marcou em um chute no canto: 2 a 2.

DI Francesco fez uma alteração. Colocou em campo o atacante Patrik Schick no lugar de Justin Kluivert, aumentando o poder de fogo do time dentro da área, ao menos. De certa forma, funcionou. Não só porque o gol saiu, mas sim por como o gol saiu: em uma blitz do time romanista dentro da área do Torino. Patrick Schick foi lançado no lado direito, girou para dentro e tocou para Lorenzo Pellegrini, que tinha a chance do chute, mas achou Stephan El Shaarawy dentro da área, livre. O atacante italiano chutou colocado e marcou: 3 a 2, aos 28 minutos.

Os minutos seguintes não foram tranquilos para a Roma, mas o time ao menos conseguiu não derreter novamente. Segurou o resultado até o fim do jogo, mantendo a conquista dos três pontos. A são importantes, porque a Roma chega a 33 na tabela da Serie A e torce contra a Lazio para se manter em quarto lugar – os quatro primeiros vão à Champions League. A Lazio, com 32, tem um jogo duríssimo pela frente: o Napoli, fora de casa.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo