Serie A

O Milan construiu o placar desde o primeiro tempo e se reafirmou na liderança com vitória sobre o Torino

Num duelo entre adversários que atravessam situações bastante distintas na tabela da Serie A, o Milan não encontrou grandes problemas para derrotar o Torino no San Siro e se recuperar do revés diante da Juventus na rodada passada. Os milanistas construíram o resultado ainda no primeiro tempo, com gols de Rafael Leão e Franck Kessié para vencer por 2 a 0. Com a liderança assegurada por mais uma rodada, os rossoneri também contaram com o retorno de Zlatan Ibrahimovic. O artilheiro não atuava desde novembro e ganhou alguns minutos em campo durante o final da partida em Milão.

Desde os primeiros minutos, o Milan exerceu amplo domínio no San Siro. Contava com um ótimo trabalho de seus meio-campistas e o gol não demorou a amadurecer, com chegadas constantes dos rossoneri ao ataque. Depois de algumas ameaças, o primeiro gol nasceu aos 26 minutos. Theo Hernández iniciou a jogada partindo para o meio do campo. Brahim Díaz recebeu o passe do lateral e, de primeira, deu uma ótima assistência para Rafael Leão invadir a área. O centroavante dominou e já finalizou com frieza, tirando de Salvatore Sirigu.

Com a diferença, o Milan poderia atuar com mais segurança. A chance do segundo gol veio aos 35, num pênalti de Andrea Belotti sobre Brahim Díaz confirmado pelo VAR. Franck Kessié assumiu a cobrança e converteu, apenas deslocando Sirigu. Um pouco mais relaxados, os rossoneri tomaram um susto aos 42. Quase a Lei do Ex apareceu no San Siro, com uma cobrança de falta de Ricardo Rodríguez que bateu no travessão, pertinho do ângulo. Ainda assim, antes do intervalo, quase veio o terceiro. Num contra-ataque puxado excelentemente por Leão, Kessié recebeu na área e bateu firme, parando em Sirigu.

No início do segundo tempo, o Torino viu um pênalti marcado a seu favor, mas o VAR foi acionado e corretamente a arbitragem voltou atrás. O lance ainda tirou o lesionado Sandro Tonali do jogo, em boa partida do meio-campista. A partida perdeu ritmo durante o segundo tempo, com o Milan cozinhando o resultado e se fechando mais na defesa diante da tentativa de pressão grená. Ibra entrou só aos 40, no lugar de Leão. A participação do centroavante seria tímida, tentando brigar pela bola na área. A chance mais próxima de movimentar o placar antes do fim aconteceu do outro lado. Gianluigi Donnarumma precisou aparecer para evitar o gol de honra do Toro, numa defesaça diante do chute desviado de Jacopo Segre.

O Milan alcança os 40 pontos na Serie A, se refazendo rapidamente da derrota para a Juventus. São quatro pontos de vantagem sobre a Internazionale, no aguardo do resultado dos rivais neste domingo. Os interistas fazem um jogo difícil, com o confronto direto com a Roma no Estádio Olímpico. O Torino até vinha de resultados melhores, mas permanece na zona de rebaixamento. É o penúltimo colocado, com 12 pontos, a dois de sair do Z-3.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo