Serie A

Fiorentina aposta em Vincenzo Italiano, ex-Spezia, para ser seu novo técnico

Técnico tinha renovado com o Spezia, mas se desvinculou do antigo clube para assumir a Fiorentina depois da confusão com Gattuso

Pela segunda vez na temporada 2021/22, a Fiorentina anunciou um novo treinador. Vincenzo Italiano foi o escolhido para ser o novo comandante da Viola. Ele deixa o Spezia, com quem tinha renovado o seu contrato recentemente. Será o substituto de Gennaro Gattuso, anunciado em maio e que deixou o cargo 23 dias depois.

Aos 43 anos, Vincenzo Italiano foi destaque na última temporada pelo Spezia. O clube foi uma das boas surpresas da Serie A. Com um elenco modesto, composto majoritariamente dos jogadores que vieram com o clube da Serie B, o clube tinha a folha salarial mais baixa da divisão. Montou um time que tinha o meio-campo muito forte, fechava os espaços dos adversários e contra-atacava com poucos toques na bola, como falamos na retrospectiva da Serie A 2020/21. Assim, conseguiu manter o time na Serie A, o que é um feito, já que foi a primeira vez que o clube disputou a primeira divisão italiana.

A história de Italiano é curiosa. Ele nasceu em Karlsruhe, na Alemanha, filho de pais italianos. Mesmo tendo nascido fora da Itália, sempre teve a nacionalidade, pelos pais, e foi na Itália que fez toda a sua carreira de jogador profissional. Começou no Trapani, mas teve o seu maior período em um clube no Verona. Ficou lá de 1996 a 2005. Depois, ainda atuou por Genoa, voltou ao Verona, Chievo, Padova, Perugia e pendurou as chuteiras pelo Lumezzane.

Como treinador, começou no Venezia, em 2014, ainda como assistente, e depois treinou as categorias de base do Lupanerense San Paolo. Seu primeiro trabalho como treinador principal foi na Vigontina San Paolo e Union Arzigano Chiampo, todos clubes amadores. Foi só em 2018 que ele conseguiu um trabalho no Trapani, clube da Serie C. A ótima campanha fez o time terminar em segundo lugar, atrás apenas da Juve Stabia e, depois do playoff, conseguiu o acesso para a Serie B ao derrotar o Piacenza.

Foi então que foi contratado pelo Spezia, na Serie B, para a temporada 2019/20. Conseguiu o acesso pelo clube, levando os bianconeri à primeira divisão pela primeira vez, depois de vencer o Frosinone nos playoffs. Assim, chegou à Serie A e impressionou com um bom trabalho, que fez com que o time conseguisse uma difícil manutenção na divisão principal da Itália.

Por causa do seu bom trabalho, Vincenzo Italiano acertou sua renovação de contrato com o Spezia, depois de ser especulado em vários clubes, como Sassuolo e Lazio. Aumentou o seu salário para cerca de € 1 milhão por temporada. Seu contrato iria até 2023. Até por isso, havia uma cláusula de € 1 milhão que o próprio Vincenzo Italiano pagou do próprio bolso, ao menos é o que reporta o Spezia. Italiano receberá um salário de cerca de € 1,2 milhão por temporada na Fiorentina.

O Spezia, aliás, não está nada feliz com a saída do treinador. Em comunicado divulgado no site do clube, o presidente Philip Raymond deixou claro como liberou o treinador de modo contrariado. “Nos últimos dias, tivemos que enfrentar uma situação que era impensável e desrespeitosa ao clube, à cidade e àqueles que amam o Aquile. Nós acreditamos em acordos com apertos de mãos. Acreditamos em contratos assinados. Nós acreditamos nas palavras que são ditas. Nós acreditamos em justiça”, diz o presidente no comunicado.

Entre os candidatos a substituir Italiano no Spezia estão Marco Giampaolo, Rolando Maran e Francesco Farioli. Este último está atualmente no Karagumruk, da Turquia, e foi assistente de Roberto de Zerbi, que faz muito sucesso no Sassuolo.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo