Serie A

Depois de W.O contra a Juve, Napoli responde amassando a líder Atalanta e constrói goleada ainda no primeiro tempo

Seguindo recomendações da Autoridade de Saúde Local (ASL), o Napoli não viajou para enfrentar a Juventus na rodada passada da Serie A depois de dois testes positivos de Covid-19 no elenco e acabou punido com derrota por 3 a 0 e perda de um ponto. Com sangue nos olhos depois do episódio, a equipe de Gennaro Gattuso respondeu em grande estilo: com quatro gols antes mesmo do intervalo, goleou a líder Atalanta por 4 a 1, em boa atuação de Hirving Lozano.

[foo_related_posts]

Sem Insigne, lesionado, e Piotr Zielinski e Eljif Elmas, infectados com a Covid-19, o Napoli teve uma novidade na equipe titular: o recém-contratado Tiemoué Bakayoko fez sua estreia com a camisa dos Partenopei. Do lado da Atalanta, a boa nova foi Josip Ilicic, que fez seu primeiro jogo desde julho, depois de longo período afastado por problemas pessoais.

Dominante na primeira etapa, o Napoli abriu o placar em jogada de velocidade aos 23 minutos. Giovanni Di Lorenzo recebeu pela direita e cruzou rasteiro para a segunda trave, onde Lozano apareceu para completar para o gol e fazer 1 a 0.

Aproveitando bate-cabeça da defesa da Atalanta na altura do círculo central, aos 27 minutos, Mertens pegou a sobra, avançou com a bola e abriu com Lozano pela esquerda. O mexicano pegou com jeito na bola, de chapa e cruzado, para vencer o goleiro Marco Sportiello.

Girando a bola em torno da área adversária em busca de espaço, o Napoli encurralava a Dea, e aos 30 minutos veio o terceiro gol. Matteo Politano conduziu a bola da direita para o meio e, com espaço à sua frente, finalizou de longa distância, de esquerda. O chute, de enorme felicidade, foi no canto esquerdo de Sportiello e balançou as redes.

Concluindo o primeiro tempo dos sonhos do Napoli, Victor Osimhen ganhou disputa pelo alto na intermediária e, vendo Sportiello adiantado, arriscou o chute de longe. A bola não foi tão forte, mas o goleiro da Atalanta não conseguiu se ajeitar a tempo para segurar a finalização: 4 a 0 para os Partenopei, aos 43 minutos.

Para recuperar algum equilíbrio ao duelo e evitar uma derrota histórica, o treinador Gian Piero Gasperini voltou para o segundo tempo com alterações técnicas e táticas: Palomino deixou o campo, dando lugar a outro zagueiro, Mojica, e o atacante Duván Zapata saiu para a entrada do zagueiro Djimsiti. Aos dez minutos da segunda etapa, Sam Lammers substituiu Papu Gómez e logo marcaria o gol de honra da Dea.

Aos 24 minutos do segundo tempo, o zagueiro Cristian Romero recuperou a bola no meio do campo e, aproveitando a defesa desatenta do Napoli, lançou Lammers no ataque. Com tempo e espaço, o atacante bateu na saída de Ospina para fazer para a Atalanta e fechar o placar em 4 a 1.

Com a derrota por três gols de diferença, a Atalanta viu o Milan tomar a liderança com os mesmos nove pontos, mas apenas três jogos realizados. Os Rossoneri jogam ainda neste sábado (17), no Derby della Madonnina contra a Inter, e podem abrir três pontos de diferença para o segundo colocado.

O Napoli assumiu provisoriamente a terceira colocação, com oito pontos, apesar de estar 100% em todos os jogos em que esteve em campo. Isso porque, é claro, o W.O contra a Juve lhe custou uma redução de um ponto.

O time de Gattuso irá lamentar por algum tempo a derrota no tapetão na rodada passada. Porém, se seguir com o nível de atuação atual ao longo da temporada, é possível que os pontos potenciais que deixou de ganhar contra a Juve sequer façam falta aos objetivos da equipe.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo