Serie A

Contratação de Tonali no Milan, agora em definitivo, é ótima notícia para o Milan

Volante estava emprestado ao Milan na temporada passada e havia pendências para a contratação em definitivo, que foi confirmada pelo clube nesta quinta-feira

O meio-campista Sandro Tonali continuará no Milan, agora contratado em definitivo. O volante, de 21 anos, estava emprestado pelo Brescia, mas havia uma pendência para que o jogador fosse contratado em definitivo pelo clube de Milão. Os rossoneri quiseram um desconto para contratar o jogador, que tinha contrato até 2022 com o Brescia, e havia um impasse em relação ao valor que seria pago, porque o Milan queria pagar menos que a cláusula estabelecida.

Segundo a Sky Sport Italia, os dois clubes chegaram a um acordo nesta quarta-feira. Nesta quinta, o Milan oficializou a contratação em definitivo, com o contrato assinado. O negócio acabou sendo por um preço bastante baixo para o potencial do jogador. O valor do empréstimo foi alto na temporada passada, € 10 milhões, e, por isso, o Milan queria efetivar a contratação. Acertou o pagamento de € 6,9 milhões, com mais € 3 milhões em variáveis, de acordo com certas condições. Além dos valores, o Milan incluiu no negócio o jovem Giacomo Olzer, de 20 anos, que vai para o Brescia.

Na temporada 2020/21, Tonali fez 37 jogos pelo Milan, sendo 24 deles como titular. É um jogador de boa qualidade técnica, mas que marca muito forte também. Foi comparado com Andrea Pirlo por diversas vezes, ele diz que tem mais similaridade com Gattuso. A transferência para o Milan, inicialmente por empréstimo, foi concretizada em setembro de 2020, no final da janela de transferências. Ele disse que era um sonho de criança, por ser torcedor do Milan.

Tonali assinou contrato de cinco anos com o Milan e é visto como um jogador para integrar a seleção principal da Itália, da qual chegou a fazer parte já com Roberto Mancini. Ele estreou em outubro de 2019 e fez quatro partidas até aqui, a última delas em novembro de 2020, em amistoso com a Estônia.

Esteve na seleção italiana no Europeu Sub-21, disputado na Hungria e Eslovênia, no final de maio e começo de junho. O volante acabou expulso no primeiro jogo e ficou suspenso nos jogos seguintes. Ele pisou no adversário, que estava no chão. Assistiu o time avançar às quartas de final e viu o time ser eliminado por Portugal.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo