A Federação Italiana de Futebol não vai mais fazer sorteios para escolher os árbitros das partidas da Série A. A medida já vinha sendo exigida há anos pelos clubes, que culpavam as más arbitragens pelo fato dos melhores árbitros serem designados para partidas de menor importância.

A partir desta temporada, o sistema de definição da arbitragem volta a ser desempenhado por um encarregado. O presidente da comissão de arbitragem, o ex-árbitro Túlio Lanese (que apitou a partida entre Brasil e Suécia na Copa do Mundo de 1990), também confirmou que Maurizio Mattei é o novo encarregado de fazer a lista de arbitragens semanalmente.

Até esta temporada, os árbitros na Itália eram divididos em castas, e separados por nível de experiência e reputação. As partidas mais ‘difíceis’ eram sorteadas com árbitros considerados de “primeira faixa”, mas o sorteio, em várias ocasiões, determinou árbitros muito criticados.