A lista de artilheiros nas principais ligas da Europa possui algumas surpresas nesta temporada. Há alguns velhos conhecidos, a exemplo de Neymar e Eden Hazard, mas nomes como André Silva e Ondrej Duda começam superando as expectativas. E, por enquanto, ninguém se compara a Krzysztof Piatek. O goleador da Serie A balançou as redes mais vezes do que qualquer outro atleta nos cinco principais campeonatos nacionais do continente, acumulando oito tentos em seis partidas no Italiano. Neste domingo, anotou mais dois e garantiu a vitória do Genoa por 2 a 1 sobre o Frosinone. Chama os holofotes para si.

Quando desembarcou no Estádio Luigi Ferraris, Piatek parecia ser um bom negócio feito pelo Grifone. Os genoveses desembolsaram €4,5 milhões pelo centroavante que defendia o KS Cracovia. Com passagens anteriores por Lechia Dzierzoniów e Zaglebie Lubin, o jogador de 23 anos desabrochou no clube alvirrubro. Já tinha feito uma boa campanha em 2016/17, com 11 gols pelo Campeonato Polonês. Já na temporada passada, independentemente do desempenho modesto de sua equipe, somou 21 tentos e terminou em terceiro na tabela de artilheiros. Incluído na convocação preliminar à Copa do Mundo, chamou a atenção dos dirigentes italianos, que exploram bastante o mercado polonês. Eis a barganha.

E que Piatek se mostrasse como um centroavante promissor, certamente ninguém imaginava tamanho impacto ao Genoa. A estreia oficial aconteceu na Copa da Itália. Anotou nada menos que quatro tentos na goleada por 4 a 0 sobre o Lecce. Foi a primeira vez neste século que um jogador fez tantos gols em um mesmo jogo pela competição, algo que não acontecia desde que Andriy Shevchenko vestia a camisa do Milan em 1999. Apenas um cartão de visitas. O polonês estreou na Serie A garantindo a vitória sobre o Empoli, com um gol. Fez dois na derrota para o Sassuolo, um na vitória sobre o Bologna, um no revés diante da Lazio e um na recuperação contra o Chievo. Até brilhar mais uma vez neste domingo, decisivo diante do Frosinone.

Os gols de Piatek nesta rodada aconteceram em intervalo de quatro minutos e demonstram bem suas qualidades. No primeiro, dominou na entrada da área e, sem deixar a bola cair, já virou acertando um chute no cantinho. Depois, o camisa 9 foi oportunista para aproveitar o presentaço de Christian Kouamé, outro novato do Genoa nesta temporada que também vai mostrando serviço, aos 20 anos de idade. O Frosinone até descontou no final, mas não impediu a quarta vitória do Grifone, que chega aos 12 pontos e assume a sétima colocação, mesmo com um jogo a menos. Se vencer o compromisso que falta, a equipe pode mesmo se emparelhar ao Napoli na segunda colocação.

Piatek possui bom porte físico, com 1,83 m de altura, mas não é apenas o centroavante que permanece fixo na grande área, com mobilidade. Uma de suas virtudes está justamente nos chutes de média distância. Além disso, a precisão nos arremates permite que não tenha receios para arriscar. São 4,7 finalizações em média por partida, abaixo apenas de Cristiano Ronaldo e Edin Dzeko nesta Serie A. Desde a temporada 1949/50, quando Karl Aage Hansen chegou à Atalanta, um estreante não anotava oito gols em seus primeiros seis jogos pelo Italiano. O dinamarquês terminou a campanha com 18 tentos e, na temporada seguinte, assinou com a Juventus, faturando o Scudetto pouco depois.

Ironias do destino à parte, a Gazzetta dello Sport publicou nesta semana que a Juventus já teria entrado em contato com o Genoa para perguntar sobre Piatek. O jornal garante que os bianconeri acham que é muito cedo para falar sobre valores, mas já demonstram seu interesse. De fato, não dá para saber até que ponto os excelentes números do polonês são apenas uma boa fase. No entanto, ele já provou suas virtudes básicas como um bom centroavante. O Genoa desfruta.