Sempre valente, o Depor arrancou a vitória e fez o Barça ter uma ressaca das fortes

Depois da festa no meio da semana na Champions, veio a ressaca. E o Deportivo La Coruña deu uma baita de uma dor de cabeça para o Barcelona

Depois de quase toda boa festa, vem a ressaca. Após a remontada inesquecível diante do PSG no meio da semana, o Barcelona voltou para o Campeonato Espanhol pensando que se safaria da forte dor de cabeça. Mas os blaugranas estavam bem enganados. Até porque eles estavam prestes a encarar o Deportivo La Coruña no Raizor. O Depor que foi corajoso diante dos dois outros gigantes da Espanha quando os enfrentou dentro e fora de casa. Por que com o Barça seria diferente? E de fato não foi. Os galegos fizeram 2 a 1 sobre os catalães, e, com isso, mostraram que são um tanto quanto valentes. Os três pontos também ajudaram o time a se afastar ainda mais da zona de rebaixamento.

VEJA TAMBÉM: Há 15 anos, o Depor estragava o centenário do Real Madrid faturando a Copa do Rei no Bernabéu

A festa na Champions League foi tão boa que Lionel Messi sequer apareceu no jogo deste domingo válido por La Liga. Provavelmente estava bastante cansado da partida do meio da semana, que exigiu um esforço além do comum dos blaugranas. Mas ele geralmente costuma ser decisivo sem ter que se doar tanto assim nos confrontos do campeonato. Isso não aconteceu contra o Depor, e o argentino esteve omisso durante a partida inteira. Foram poucas as vezes que ele tocou na bola para fazer algo além de passá-la para alguém. E, com isso, a responsabilidade de Luis Suárez de ter que decidir foi ficando maior, já que o Barça estava sem Neymar, com problema muscular.

O Depor focou em sua principal arma, a bola aérea, para buscar a vitória. Saiu na frente no finzinho do primeiro tempo com Joselu, fazendo de rebote, e desempatou com 30 minutos da segunda etapa, com Bergantiños, de cabeça. Suárez descontou logo na volta do intervalo, mas, depois disso, foi o time de Corunha que teve mais chances de desigualar o resultado. Tanto que no lance anterior ao gol do desempate, Arribas mandou uma bola na trave, também de cabeça. E, na insistência e no afinco, o Depor desempatou e conseguiu segurar o resultado. Isso graças a sua organização tática e por não ter mostrado contentamento com o placar nem quando estava 1 a 1, nem quando vencia por 1 a 0. Foi para cima o tempo todo.

O Barcelona, então, terminou o jogo torcendo pelo tropeço do Real Madrid na rodada para terminá-la com o mesmo número de pontos do arquirrival e no topo da tabela. Já o Depor foi da 17ª para a 15ª posição, estando com 27 pontos, oito a menos do que o rival da Galícia, o Celta, e quatro posições abaixo da equipe de Vigo. O próximo compromisso do Barça será no próximo final de semana, no Camp Nou. Os blaugranas pegam o Valencia em ascensão para tentar somar pontos. Enquanto isso, o La Coruña pensa no dérbi galego, que também ocorrerá no próximo fim de semana, no domingo. Se ganhar o clássico, ficará a uma vitória de empatar o número delas no histórico do confronto com o Celta.