A rodada na Copa da Inglaterra serve para os principais clubes da Premier League rotacionarem os seus elencos. O Manchester City não fugiu à regra e poupou a maioria de seus titulares contra o Rotherham United, candidato ao rebaixamento na Championship. No entanto, o “expressinho” estrelado por Kevin de Bruyne e Raheem Sterling não teve piedade dos visitantes no Estádio Etihad. Os celestes golearam por 7 a 0, com destaque a Ilkay Gündogan.  Recuperando a sua melhor forma, após retornar de lesão, o meio-campista de quatro assistências, três delas apenas no segundo tempo. Foi a maior goleada desde que Pep Guardiola chegou a Manchester.

O Manchester City abriu o placar aos 12 minutos. De Bruyne deu uma enfiada de bola cirúrgica e Sterling demonstrou toda a sua calma dentro da área, fintando o zagueiro, antes de tirar do goleiro. Porém, os celestes demoraram a impor sua goleada. Os outros dois gols no primeiro tempo saíram apenas depois dos 43. Phil Foden escorou o lançamento de Gündogan para o segundo, enquanto Semi Ajayi mandou contra as próprias redes no terceiro. Facilitou o serviço dos anfitriões.

 

Titular no comando do ataque, Gabriel Jesus deixou o seu aos oito minutos do segundo tempo. Jogadaça de Sterling para o brasileiro apenas desviar na pequena área. Depois, Gündogan iniciou sua série de assistências. Começou tabelando com Riyad Mahrez, que guardou. Depois, cobrou escanteio na cabeça de Nicolás Otamendi. Por fim, em mais uma tabela, viu Leroy Sané fazer a parte mais difícil do serviço, ao driblar o adversário e chutar, em bola desviada que matou o goleiro.

O Manchester City avança aos 16-avos de final da Copa da Inglaterra e agora se volta à Copa da Liga Inglesa. O primeiro jogo da semifinal contra o Burton Albion acontece na próxima quarta-feira, no Estádio Etihad. Já na segunda, os celestes completam o quarto duelo consecutivo diante de sua torcida, fechando a rodada da Premier League ante o Wolverhampton.