O volante Victor Wanyama acertou a sua saída do Tottenham. Sem espaço no time de José Mourinho, o jogador irá jogar a MLS pelo Montreal Impact, em uma transferência sem custos. O clube inglês aceitou liberar o jogador, que só tinha feito quatro jogos pelos Spurs na temporada, sendo só uma delas como titular, em um jogo da Copa da Liga. No clube canadense, ele será treinado por uma lenda da Premier League, Thierry Henry.

O queniano, de 28 anos, chega como jogador designado no Montreal Impact (aqueles que podem ultrapassar o teto salarial). “Victor é um jogador importante com uma grande carreira”, disse o diretor esportivo do clube canadense, Olivier Renard. “Sua inegável experiência também irá ajudar os jogadores jovens e ajudar o time a progredir”.

“Nós desejamos a Victor o melhor no futuro”, diz comunicado do Tottenham que anuncia a saída do jogador do clube. O jogador fez 97 jogos pelos Spurs, depois de ser contratado junto ao Southampton em junho de 2016. Foram sete gols marcados com a camisa do clube de Londres.

Wanyama será companheiro de outros dois jogadores com passagens pela Europa: o argelino Saphir Taider, ex-Internazionale e Bologna, e o atacante Bojan Krkic, ex-Barcelona, que também está no clube. “Eu estou realmente feliz por vir para um clube como o Montreal Impact”, disse Wanyama, no comunicado do seu anúncio. A MLS continua a crescer a cada temporada e estou ansioso para tornar esse time e esta cidade mais conhecidos por toda África”.

“Quando eu falei com Thierry Henry e ele me falou que me queria no Montreal, eu não precisei pensar duas vezes. Ele sempre foi um jogador que eu admirei e estou muito feliz de ter a oportunidade de trabalhar com ele e ter um papel que pode garantir que o Montreal Impact tenha uma temporada melhor e espero que possamos chegar aos estágios mais avançados das competições que disputamos. Eu acho que a família Saputo e a administração do time em Montreal têm um grande plano e eu espero que eu possa dar uma grande contribuição ao sucesso deste projeto”, declarou o jogador.

O time disputa a Concacaf Champions League, onde está nas quartas de final e terá um duelo com o Olimpia, de Honduras. Na MLS, que começou no último fim de semana, o Montreal Impact venceu o New England Revolution por 2 a 1. O clube ficou apenas em nono lugar na temporada passada e não conseguiu a passagem aos playoffs. Nesta temporada, a expectativa é que o time faça uma campanha melhor, ao menos chegando à fase final da competição.

O jogador da seleção do Quênia é uma boa contratação para o Montreal Impact, porque era claramente um jogador subaproveitado no Tottenham. O jogador chegou a ser dado como certo no Anderlecht, da Bélgica, na última janela de transferências, mas o negócio acabou não sendo realizado. O jogador tem boa passagem pelo Celtic, onde foi campeão escocês e se destacou para ir ao Southampton, antes de partir para o Tottenham. Aos 28 anos, com uma grande aptidão física do jogo, pode fazer com que o meio-campo do time de Henry seja muito mais forte.