Uma senhora de 51 anos

A Copa Libertadores é a mais tradicional competição sul-americana. Começou a ser disputada em 1960, com a participação dos campeões nacionais dos países da América do Sul, como forma de definir quem seria o melhor. Antes do seu surgimento oficial, no entanto, já havia a ideia de reunir campeões desde a década de 1930, quando os vencedores argentino e uruguaio jogavam entre si a Copa Rio de La Prata. Em 1948, o Colo-Colo organizou o Campeonato Sudamericano de Campeones, que foi o embrião do que viria a ser a Libertadores – e foi vencido pelo Vasco da Gama.

Foi só em 1958, porém, que a competição de fato foi formatada, com sua fórmula de disputa, e organizada muito graças aos dirigentes do Peñarol. Em 1960, a competição surgiu com o Nome Libertadores em homenagem aos heróis da libertação dos países sul-americanos. Além do prestígio e a tradição, o torneio é um atrativo para o mundo, com 135 países transmitindo o torneio.

A competição tem suas particularidades. Uma delas é a arbitragem, que deixa o jogo jogar mais solto. Não à toa criou-se a ideia que a Libertadores é um torneio disputado com muita força. O formato mudou durante os anos, deixando de ter apenas campeões a partir de 1966. Em 1998, a Conmebol passou a admitir os times mexicanos – que, embora não possam representar o continente em uma eventual final de Mundial, já chegaram em duas decisões. Fora o número de participantes, que cresceu ainda mais. Atualmente, são três times por país, com Brasil e Argentina com direito a cinco vagas.

O maior campeão da Libertadores é o Independiente, time que volta à competição em 2011. Foram nada menos do que sete títulos. O Boca Juniors, que ressurgiu forte em todo o continente, tem seis títulos. Depois vem o Peñarol, com cinco, e o Estudiantes, com quatro. Entre os brasileiros, o São Paulo tem três títulos, Grêmio, Santos, Internacional e Cruzeiro aparecem com dois e Flamengo, Palmeiras e Vasco um título cada.

Confira todos os campeões da Libertadores:

1960 – Peñarol
1961 – Peñarol
1962 – Santos
1963 – Santos
1964 – Independiente
1965 – Independiente
1966 – Peñarol
1967 – Racing
1968 – Estudiantes
1969 – Estudiantes
1970 – Estudiantes
1971 – Nacional
1972 – Independiente
1973 – Independiente
1974 – Independiente
1975 – Independiente
1976 – Cruzeiro
1977 – Boca Juniors
1978 – Boca Juniors
1979 – Olimpia
1980 – Nacional
1981 – Flamengo
1982 – Peñarol
1983 – Grêmio
1984 – Independiente
1985 – Argentinos Juniors
1986 – River Plate
1987 – Peñarol
1988 – Nacional
1989 – Atlético Nacional
1990 – Olimpia
1991 – Colo-Colo
1992 – São Paulo
1993 – São Paulo
1994 – Vélez Sarsfield
1995 – Grêmio
1996 – River Plate
1997 – Cruzeiro
1998 – Vasco da Gama
1999 – Palmeiras
2000 – Boca Juniors
2001 – Boca Juniors
2002 – Olimpia
2003 – Boca Juniors
2004 – Once Caldas
2005 – São Paulo
2006 – Internacional
2007 – Boca Juniors
2008 – LDU
2009 – Estudiantes
2010 – Internacional

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]com

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo