Uma grande Juve

A vitória da Juventus sobre a Roma não apenas varreu quaisquer dúvidas sobre o scudetto da Inter nesta temporada (é impensável que os nerazzurri deixem escapar uma vantagem de 11 pontos), mas também serviu para ratificar a condição de protagonista da Vecchia Signora em seu ano de retorno à Série A.

Após o purgatório imposto pelo CalcioCaos, e a conseqüente perda de receita, era difícil crer que a Juve conseguiria se firmar com tanta autoridade entre os quatro primeiros colocados na elite.

Hoje, o time de Claudio Ranieri está apenas um ponto atrás da Roma, o que lhe permite até sonhar com a vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões. Enquanto isso, para olhar fora da zona de classificação para a LC, a distância é de nove pontos.

Diante de uma Roma preocupantemente desligada, os protagonistas da Juve foram os mesmos de sempre. Buffon, novamente impecável quando exigido. Nedved, bem adaptado como meia de ligação. Del Piero, marcando o gol decisivo para os três pontos pela quarta vez na temporada. Cabe destacar que Sissoko se encaixou perfeitamente ao meio-campo – contratação acertada, como havia sido a de Iaquinta no verão.

Vale lembrar que a Juve ainda não perdeu para nenhum dos outros times colocados entre os cinco primeiros – Inter, Roma, Fiorentina e Milan.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo