Tele-Ortopedistas

Tá, é verdade que uma contusão de joelho num jogador com um histórico médico como o de Ronaldo é para deixar bem preocupado. Mas fiquei fascinado com a capacidade “Plantão Médico” de comentaristas televisivos e de rádio que fizeram diagnósticos ortopédicos com uma distância de milhares de quilômetros, sem um exame e baseado em fontes sabe-se-lá-de-onde, cravando o final da carreira de Ronaldo.

Não, não estou dizendo que aconteceu isso ou aquilo. Eu não sei. Não sou médico e meu emprego não é ficar dando chutes sobre um assunto que eu não conheço num paciente que ainda mal foi avaliado. Provavelmente foi uma lesão séria, sim, pela dor que Ronaldo aparentou sentir. Mas nem mesmo o chefe da equipe médica do Milan era capaz de avaliar, ainda na quarta á noite, qual a extensão da lesão, uma vez que um exame mais profundo só poderia ser feito no dia seguinte.

Como em 2000, quando Ronaldo se machucou jogando a final da Copa Itália, já dão como certo o final de carreira dele, sem um exame médico, sem uma declaração oficial (a única especulação feita pelo site do Milan até ás 20h da noite de quarta era de uma “provável lesão no tendão patelar” do joelho esquerdo – em 2000, o problema foi no outro). Será que não cabe uma reflexão sobre quais assuntos podem ser abordados no boteco e quais podem ser discutidos na TV, sem que haja nenhuma base além do “achismo”?

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo