Stoltidis: volante de presença

No futebol antigo, qual seria a função de um volante? Marcar os meias de armação, certo? Atualmente, a posição de volante não têm sido apenas isto. E um desses exemplos de volante “moderno”, que além de defender, têm que atacar, é Ieroklis Stoltidis, do Olympiacos.

O meia, de 32 anos de idade, de uns anos para cá, aparece fazendo importantes gols. Ele se tornou uma espécie de “coringa”, pois, foi ele que confirmou a classificação do “Thyrlos” para a próxima fase, quando eles enfrentarão o Chelsea.

Jogador fiel à camisa

Ieroklis Stoltidis começou a carreira no pequeno Iraklis, na temporada 1992/93, Atuou apenas um jogo, mas já é ótimo para um jogador que tinha 16 anos.
Somente a partir da temporada 1995/96, ele ganhou espaço no elenco, chegando a jogar pelos torneios da UEFA, pelo modesto clube de Tessalônica.

Foi conquistando espaço, sendo até destaque do time, na temporada 1997/98, quando fez sete gols. No mesmo ano, ele teve a oportunidade de participara do Campeonato Europeu Sub-21, na Espanha, aonde foi vice-campeão, perdendo na final para a seleção espanhola, por 1×0.

Em novembro em 99, ele estreou no “Navio Pirata”, de onde participou de seis partidas, e fez dois gols, e ele foi selecionado para a disputa dos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.

Oportunidade de Ouro

Logo após a Olimpíada, o Olympiacos contratou o jogador que, já estava no Iraklis há 11 temporadas. Ele, com 28 anos, estava em uma fase muito boa, quando na temporada anterior, ele tinha feito seis gols.

O jogador logo em sua 1°temporada pelos Tryllos, demonstrou presença, marcando gols decisivos contra Panathinaikos e AEK, além de ter estreado na Liga dos Campeões, quando fez dois gols em cinco jogos.

A partir daí, o jogador recebeu o apelido o “Iero” pelos torcedores do time grego, referência ao seu primeiro nome. Mas, sem dúvida, seu momento de glória foram os dois gols contra o Werder Bremen, pela Liga dos Campeões, na vitória de 3×0, pela última rodada do Grupo C. Com o resultado, o time terminou a primeira fase em 2ºlugar, e enfrentará o Chelsea, nas Oitavas-de-Final.

Ainda tem lenha pra queimar?

Stoltidis sabe que já não é mais nenhum garoto, que já está com 32 anos, e que precisa ter mais cuidado com o aspecto físico, que fica mais vulnerável, de acordo com o tempo. Mas ele é um dos jogadores que o time quer contar a qualquer custo. Ao lado de Galletti, Lualua, Kovacevic e Nikopolidis, ele é indispensável no esquema do treinador Takis Lemonis, pois, além de auxiliar o ataque, ele faz a função de marcador, do lado de Djordevic.

É compreensível caso haja uma comparação entre ele e Mineiro, volante do Hertha Berlin e da Seleção Brasileira, devido á sua idade, e sua capacidade ofensiva. toltidis ainda pode dar muitas alegrias ao torcedor do Olympiacos. Se o Chelsea deixar.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo