Sevilla: pronto para surpreender

Um clichê verdadeiro sobre eles Mesmo sem grandes investimentos, o Sevilla tem um time jovem (já não é mais tanto, mas continua dando para aceitar) e rápido, que joga um futebol bonito e bastante ofensivo. Tudo graças a um projeto que valoriza pratas-da-casa e a procura de jovens de talento a preços baixos.

Na pré-temporada
O time continuou a boa fase do final da temporada passada. Venceu a Supercopa da Espanha – batendo o Real Madrid duas vezes – e nem parecia que voltava de férias. No entanto, a morte do lateral Puerta contra o Getafe, na estréia pelo Campeonato Espanhol, abalou o ânimo da equipe.

Quem é o rival mais encardido?
Sevilla x Betis é a rivalidade citadina mais acirrada da Espanha. Nos últimos anos, os presidentes dos dois clubes trocaram insultos e um dérbi pela Copa do Rei foi interrompido por falta de segurança após Juande Ramos, técnico do Sevilla, ser acertado por uma garrafa atirada pela torcida bética. O nível de ódio mútuo é o maior em muitos anos.

O técnico faz diferença?
O trabalho de Juande Ramos é tão bom que muitos dão como certa sua ida para a Premier League em 2008. O treinador é hábil na promoção de um rodízio de jogadores e consegue tornar o time fluido mesmo com desfalques importantes, além de saber dar confiança para disputa de torneios como a Copa Uefa.

Nisso, eles são bons…
O lado direito é o pesadelo dos adversários. Daniel Alves é um dos laterais mais valorizados do mundo e tem a companhia do promissor Jesús Navas. Ambos trocam de posição, abrem pelas pontas ou fecham pelo meio, sempre tramando jogadas com os velozes atacantes. Se um deles não pode jogar, o habilidoso alemão Hinkel está no banco, babando por uma oportunidade.

…mas nisso, de vez em quando, fazem presepada
Falta um meia mais experiente e técnico para cadenciar o jogo. Como o esquema tático é voltado para os meias externos (Jesús Navas e Adriano), muitas vezes falta alguém para diminuir o ritmo do Sevilla. Renato tem essa função, mas o volante brasileiro não é um meia de armação típico.

O craque do time?
Daniel Alves ganhou status de estrela mundial pelo leilão que clbues como Real Madrid e Chelsea ensaiaram fazer para tira-lo de Nervión. O Sevilla não aceitou e agora tem de conviver com o descontentamento do lateral-direito. Ainda assim, é sobre ele que estarão os olhares de toda a Europa nos jogos dos sevilhanos.

O líder do time?
Depois do que fez na última Copa Uefa, o goleiro Palop se tornou referência do time. Nas oitavas-de-final, o time estava sendo eliminado pelo Shakhtar Donetsk, até que o camisa 1 foi para a área adversária e, no último minuto, fez o gol de empate de cabeça. Na decisão contra o Espanyol, o jogo foi para a disputa de pênaltis e o experiente goleiro defendeu três cobranças.

Para se prestar atenção
Como o time lidará com a morte do lateral-esquerdo Puerta, que sofreu parada cardiorrespiratória durante a estréia sevillista no Campeonato Espanhol e faleceu dois dias depois, no hospital. Além de ter uma importância técnico-tática razoável, o jogador era próximo a muitos companheiros que atuavam juntos desde as categorias de base. A tragédia pode abalar psicologicamente a equipe.

O pesadelo da torcida
O Sevilla tem jogadores de talentos em várias posições, tem conquistado títulos importantes e mostra futebol convincente. Mas é inegável que ainda falta camisa. No Campeoanto Espanhol 2006/7, os sevillistas tiveram várias oportunidades de arrancar para o título, mas tiveram tropeços tolos e deixaram os grandes Barcelona e Real Madrid o ultrapassarem. A ausência de um craque consagrado pode ser uma das razões.

As estatísticas na competição
Na única participação, o Sevilla disputou seis partidas, com 2 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

No dia de abertura da competição, onde se diz que eles podem chegar?
Quartas-de-final.

Para as casas de apostas?
20/1 (William Hill, final de agosto)

Ficha

Sevilla Fútbol Club
Ano Fundação: 1905
Melhor colocação na LC: quartas-de-final
Posição no ranking da Uefa: 14o lugar.
Rota para a Europa: terceiro lugar no Campeonato Espanhol

GRUPO H
Arsenal – ING
Sevilla – ESP
Steaua – ROM
Slavia Praga – TCH

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo