Salvo pelo drible

Do Maracanã, ontem, confesso que não vi o Robinho jogar tudo o que estão dizendo ao longo desta quinta-feira. Dos três meias-atacantes (para os cariocas, apoiadores), foi o menos efetivo. Basta olhar os 90 minutos: além daquele drible desconcertante, ele fez mais alguma coisa? Por conta daquela jogada, hoje não se fala em outra coisa no noticiário esportivo que a bendita entortada que o camisa 11 deu no coitado do equatoriano.

A questão é: por que raios ele não faz isso o jogo todo? Ou então: por que não tentou jogadas desse tipo quando o jogo estava 0 a 0?

Não quero desmerecê-lo, mas acho no mínimo exagerado o oba-oba em cima dele. Sobretudo numa partida em que Kaká e Ronaldinho fizeram mais por merecer os louros da vitória que Robinho.

A propósito: haveria tanta bajulação se o zagueiro tivesse cortado a bola no cruzamento? Ou se Elano mandasse a bola na arquibancada?

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo