Rei de Copas

Tudo bem, o título do post é um clichezaço, mas não dava para fugir. Juande Ramos chegou ao Tottenham há quatro meses, e já conquistou seu primeiro troféu. Sim, o time é muito parecido com o de Martin Jol, mas quem acompanha os Spurs sabe que, com o holandês, o time teria parado na semifinal contra o Arsenal.

A vitória – de virada – contra o poderoso Chelsea e a goleada sobre o arqui-rival, que não era batido fazia não sei quantos anos, mostram que o time mudou de mentalidade. O Tottenham, desde Glenn Hoddle, era um “loser” conformado com o seu destino. Com Ramos no comando, pelo menos o apetite mudou.

Além do espanhol, impossível não comentar o “herói do título” Woodgate, dado como acabado para o futebol há alguns anos, e vítima até de um bolão na redação da Trivela para ver quantos jogos fazia antes de se quebrar. O bolão ainda está valendo, afinal foram só quatro jogos, porém o zagueiro já pode começar a pensar em ocupar o lugar de protagonista que muitos reservavam para ele quando fazia dupla com Ferdinand no Leeds – tem gente até hoje que diz que o zagueiro bom da dupla era Woodgate.

Curiosidades da partida: antes da cobrança de falta que resultou em gol de Drogba, a TV mostrou Cech andando quase até a área do Tottenham para chamar algum jogador de sua equipe. Provavelmente, percebeu algum jogador livre para o contra-ataque e foi avisar seu meio-campo. Alguém imagina algum goleiro brasileiro fazendo isso? Por outro lado, pra que lado estava olhando Avram Grant nessa hora?

Curiosidade 2: no segundo tempo da prorrogação, Berbatov marcava Terry no campo de ataque do Chelsea. Imagine se fosse no Flamengo! O cara virava “Deus da Raça” e ganhava estátua no Maracanã. Na Inglaterra, ninguém nem repara, o cara fez o que tinha que fazer. São coisas com essa que fazem do futebol inglês o mais interessante do mundo.

Pra finalizar: torcedores brasileiros do Arsenal torceram animadamente pelos Spurs, talvez sem saber que o maior rival de sua equipe é justamente o Tottenham, que também é do norte de Londres. Na Inglaterra, as manifestações mais comuns dos torcedores dos Gunners iam na linha “dá para cair uma bomba no campo e o título não ser atribuído?”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo