Real Madrid

Nome do clube: Real Madrid Club de Fútbol
Apelidos: Blancos, merengues
Estádio e cidade: Santiago Bernabéu, Madri
Time-base: Iker Casillas, Sergio Ramos, Pepe, Ricardo Carvalho e Marcelo (Alvaro Arbeloa); Sami Khedira, Xabi Alonso, Mesut Özil e Ángel dí Maria; Cristiano Ronaldo e Gonzalo Higuaín
Treinador: José Mourinho
Principais títulos: 3 Mundiais, 9 Ligas dos Campeões, 2 Ligas Europa, 31 Campeonatos Espanhóis, 17 Copas do Rei
Momento histórico na Europa: O Real já havia conquistado as quatro primeiras Copas dos Campeões da Europa. Se conquistasse o quinto título seguido, ficaria em definitivo com o troféu. Não só se tornou o único pentacampeão de toda história da competição, como o fez em grande estilo: na final, em Glasgow, bateu o Eintracht Frankfurt por 7 a 3, com três gols de Alfredo di Stéfano e quatro de Ferenc Puskas, dois de seus maiores jogadores em todos os tempos.

É impressionante como a chegada de uma única pessoa é capaz de mudar o status de um clube. De nada adiantariam tanto reforços, como os alemães Sami Khedira e Mesut Özil ou a jovem promessa espanhola Sergio Canales, se no banco de reservas não estivesse sentado um homem chamado José Mourinho.

Considerado pela maioria das pessoas como o melhor do mundo na sua profissão, o treinador português terá a responsabilidade de conduzir os merengues ao décimo título da Liga dos Campeoes. Sim, a equipe é uma das favoritas. Basta analisar o elenco do time, no entanto, terá que comprovar, em campo, esse favoritismo. Afinal, nas últimas seis edições do torneio o Real caiu nas oitavas de final – o que levou o time a perder a condição de cabeça de chave nesta temporada.

A pressão por uma boa campanha (entenda-se, no mínimo, chegar à final), é grande no Santiago Bernabéu, mas o próprio Mourinho já disse que, quem não aguenta pressão não pode jogar pelo clube. E tudo isso aumenta com o ótimo momento vivido pelo rival Barcelona e o título mundial da Espanha.

O grupo do Real não poderia ser mais tradicional. Contra Milan e Ajax os saudosistas poderão se deliciar com as dezenas de histórias de tantas conquistas europeias, mas é difícil imaginar que a equipe espanhola tenha alguma dificuldade para avançar. Ainda mais com um Auxerre para facilitar.

Elenco

1 – Iker Casillas (G), ESP, 29
2 – Ricardo Carvalho (D), POR, 32
3 – Pepe (D), POR, 27
4 – Sergio Ramos (D), ESP, 24
5 – Fernando Gago (M), ARG, 24
6 – Mahamadou Diarra (M), MLI, 29
7 – Cristiano Ronaldo (A), POR, 25
8 – Kaká (M), BRA, 28
9 – Karim Benzema (A), FRA, 22
10 – Lassana Diarra (M), FRA, 25
11 – Esteban Granero (M), ESP, 23
12 – Marcelo (D), BRA, 22
13 – Antonio Adán (G), ESP, 23
14 – Xabi Alonso (M), ESP, 28
15 – David Mateos (D), ESP, 23
16 – Sergio Canales (M), ESP, 19
17 – Álvaro Arbeloa (D), ESP, 27
18 – Raúl Albiol (D), ESP, 25
19 – Ezequiel Garay (D), ARG, 23
20 – Gonzalo Higuaín (A), ARG, 22
21 – Pedro León (A), ESP, 23
22 – Angel di María (M), ARG, 22
23 – Mesut Ozil (M), ALE, 21
24 – Sami Khedira (M), ALE, 23
25 – Jerzy Dudek (G), POL, 37

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo