Projeto olímpico? Que projeto?

Falta um ano para a abertura dos Jogos Olímpicos. Prepare-se, portanto, para ouvir à exaustão a ladainha favorita da imprensa sobre o torneio de futebol: “É o título que falta para a Seleção Brasileira”.

Muito se fala sobre o “projeto olímpico” do futebol brasileiro – como se houvesse um. A CBF não diz quem será o técnico, não parece se esforçar para marcar amistosos ou para desenhar um programa adequado de preparação.

Depois, vão dizer que mais uma ótima geração de jogadores foi desperdiçada, como se o simples fato de termos muito talento à disposição dispensasse a obrigação de planejar direito. Pelo visto, o charme da coisa é o título continuar faltando.

(Editado: Os Estados Unidos já têm técnico para as Olimpíadas. Peter Nowak, ex-jogador e atual assistente de Bob Bradley na seleção principal)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo