O problema Robinho

O jogador mais caro da história da Premier League está voltando para a Inglaterra. Depois de seis meses de empréstimo ao Santos, o jogador de € 192 mil por semana e comprado por € 38 milhões, volta ao riquíssimo Manchester City para, provavelmente, ser colocado no banco de reservas.

Sim, porque o jogador já deu demonstrações e, mais do que isso, declarações que gostaria de continuar no Santos. Mesmo sendo o jogador mais bem pago da Premier League, mesmo com o altíssimo investimento que o clube fez nele, mesmo com a ambição de brigar na parte de cima da tabela.

Robinho foi a primeira grande transferência dessa nova era no Manchester City. Chegou para ser a estrela da companhia e até conseguiu na primeira temporada. Na segunda, porém, quando se esperava vôos mais altos, ele foi mal. Faltou empenho, como parece cada vez mais frequente. Ficou de biquinho para voltar ao Brasil.

Em tempo: qualidade técnica, Robinho tem de sobra. Talento não é problema. O que temos é um jogador desmotivado, mesmo ganhando uma fortura. Mesmo em um time que, ok, não é grande, mas quer ser e quer brigar pelo topo. Carlos Tevez rapidamente tornou-se ídolo da torcida, porque empenho não falta ao argentino.

É bom Robinho abrir os olhos. Deveria se esforçar para brigar por posição no City, onde ainda poderá ganhar espaço durante a temporada, mesmo começando no banco. Caso faça novo biquinho, vai acabar em um clube pequeno da Itália, Espanha ou pior, de um centro ainda menor… É isso que quer o ex-futuro melhor do mundo?

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo