O novo velho técnico

Paulo César Carpegiani fez uma campanha notável no Atlético Paranaense. Recuperou um time que almejava apenas permanecer na primeira divisão. Conseguiu e foi além, dando até esperanças de Libertadores aos torcedores do Furacão.

O fato de ele trocar o Atlético Paranaense pelo São Paulo é difícil de aceitar para os torcedores do rubro-negro. O time está bem e ele tinha tudo para terminar o trabalho do ano muito bem. Só que o convite de um clube que tem mais visibilidade, em um centro importante e, mais o desafio de vencer onde não conseguiu grandes resultados quando passou, motivam o técnico a mudar de ares.

É bom lembrar: em 1999, Carpegiani passou pelo São Paulo. Terminou em 3º no Paulista e 4º no Brasileiro. Caracterizou-se como um técnico que inventava táticas, mudava muito o time e não deu consistência à equipe.

Desta vez, chega credenciado como um técnico que conseguiu esse bom trabalho no Atlético Paranaense, em um momento que o São Paulo tem umtime melhor do que em 1999. E o mais importante: chega com o respaldo de Juvenal Juvênio, que, sabe-se, decide as coisas por si no São Paulo.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo