Mundial 2007 – Urawa Red Diamonds

Como chegou

Impulsionado pelo alto investimento da Diretoria e orquestrado há quatro anos por treinadores alemães (Guido Buchwald e o atual Holger Osieck), o Urawa Reds venceu a J-League 2006 batendo recordes de público. Contando com futebolistas que alinham regularmente na seleção japonesa, turbinados por Robson Ponte e Washington, o time de Saitama venceu a Liga dos Campeões da Ásia 2007 de forma invicta.

Time-base

Ryota Tsuzuki; Nobuhisa Yamada, Keisuke Tsuboi, Marcos Túlio Tanaka e Yuke Abe; Keita Suzuki, Makoto Hasebe, Shinji Ono e Robson Ponte; Yushiro Nagai (Tetsuya Tanaka) e Washington.

Craque do time

Com quilômetros de experiência nas pernas, acumulados em seis anos na Bundesliga (liga alemã), o meia brasileiro Robson Ponte é o jogador mais talentoso dos ‘Reds’. Insinua, passa e dribla no momento adequado. O ‘10’ do Urawa virou ídolo dos fanáticos torcedores e está esbanjando categoria no oriente.

A pulga atrás da orelha

É uma equipe equilibrada com jogadores de bom nível em todos os setores do campo, mas quando se olha para a baliza…Ryota Tsuzuki tem saídas que causam arrepios nos torcedores. Tecnicamente não é nada confiável.

Ponto-forte

Há muito tempo no Japão não se via uma equipe tão arrojada e praticando um futebol tão competitivo e incisivo. Para completar, tem uma torcida cujos cânticos e coreografias são subliminares. Não vai ser fácil bater o time nipônico, não.

Calcanhar de Aquiles

Disparado o condicionamento físico. O Urawa é o único time do torneio que não teve descanso em 2007. Durante a Copa da Ásia, em julho, os jogadores japoneses que não foram servir a seleção no sudeste asiático ficaram para disputar a Copa Nabisco. A inacreditável perda do titulo japonês nas últimas rodadas é reflexo do desgaste. Será uma das grandes adversidades a serem contornadas pela Comissão técnica.

Técnico
O alemão Holger Osieck voltou a exercer a função depois de alguns anos trabalhando para o Departamento Técnico da FIFA. Herdou do treinador anterior Guido Buchwald a missão de manter os ‘Reds’ nos eixos da filosofia alemã. Excepcional metodólogo, Osieck, agregou muito de Beckembauer durante o tempo que conviveu com o ‘Kaiser’ na preparação da Alemanha para a Copa de 1990.

Cotação nas casas de apostas

26/1

Boca Juniors (Argentina)
Étoile du Sahel (Tunísia)
Milan (Itália)
Pachuca (México)
Sepahan (Irã)
Urawa Red Diamonds (Japão)
Waitakere United (Nova Zelândia)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo