Mourinho + Ronaldinho

Pra quem vinha pedindo mais post de futebol europeu, uma forçada de barra legal, mas que de repente rola. A imprensa inglesa dava como certo que José Mourinho assumiria a seleção do país. Ontem, o português disse que não quer. Das duas, uma: ou ele tem outra coisa engatilhada ou ficou irritadinho porque demoraram para convidar e resolveu esnobar. Nada mais Mourinho.

Imaginemos, entretanto, que não é esse segundo caso, e sim o primeiro. Que time poderia ter uma proposta que levasse o português a desprezar a Inglaterra? Um time grande, certo? Só que os times grandes têm técnicos hoje, e a maioria deles está bem: Mancini na Inter, Schuster no Madrid, Ferguson no United… Ancelotti não vai bem, mas pode ganhar o Mundial, e o Milan dificilmente o trocaria no meio da temporada, a não ser em caso de catástrofe iminente.

Sobra, porém, uma possibilidade, que o título desse post entrega: o Barcelona. Rijkaard é um técnico pra lá de meia-boca, pra começar. Seus resultados, com o que tem em mãos, são ridículos. Mourinho “começou” a carreira no Barça. E Neeskens, auxiliar do compatriota, teria, segundo a imprensa européia, declarado a pessoas próximas que tem certeza de que os dois serão demitidos em janeiro.

Imagine, portanto, que eu, pra variar um pouco, não estou viajando: já pensou Ronaldinho, Messi, Henry e Eto'o nas mãos de José Mourinho? Até o Puyol ia parecer craque!

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo