Milan

Nome do clube: Associazione Calcio Milan
Apelido: Rossoneri, Diavolo
Estádio e cidade: Giuseppe Meazza, Milão
Time-base: Abbiati; Bonera, Nesta, Thiago Silva, Antonini; Ambrosini, Pirlo, Seedorf; Pato, Ibrahimovic, Ronaldinho.
Treinador: Massimiliano Allegri
Principais títulos: 7 Ligas dos Campeões, 2 Recopas Europeias, 5 Supercopas Europeias, 3 Copas Intercontinentais, 1 Mundial de Clubes Fifa, 17 Campeonatos Italianos, 5 Copas da Itália
Momento histórico na Europa: O Milan tinha pela frente na decisão, em Atenas, o Barcelona dirigido por Johan Cruyff, com Romário, Stoichkov, Guardiola, Koeman, entre outras feras. Mas os rossoneri de Fabio Capello, mesmo desfalcados do capitão Baresi, atropelaram com um futebol impecável: 4 a 0, com direito a um golaço por cobertura de Savicevic. Era o quinto título europeu da história do clube.

Até os últimos dias de agosto, o Milan parecia caminhar para mais uma temporada como coadjuvante. Elenco envelhecido, contratações modestas, nada que empolgasse o torcedor ou fizesse crer que o time brigaria por títulos. No entanto, o clube agiu na reta final do mercado para garantir as contratações de Ibrahimovic e Robinho, que, ao lado de Ronaldinho e Pato, devem formar uma das linhas ofensivas mais respeitadas da Europa.

A dúvida é se os quatro poderão atuar juntos, já que nenhum deles é fã do sacrifício quando o time está sem a bola. Desta forma, é provável que um deles (Robinho) seja usado como opção de banco pelo técnico Massimiliano Allegri, que terá seu primeiro contato com a principal competição do continente.

O meio-campo ganhou uma nova opção, com o ganense Boateng, e a defesa ainda conta com uma dupla de zaga fortíssima, com Nesta e Thiago Silva. As peças de reposição na defesa são o problema – assim como a qualidade duvidosa dos laterais.

Os rossoneri têm pela frente um grupo complicado, com Real Madrid, Ajax e Auxerre, mas seria uma grande decepção não passar às oitavas de final.

Elenco

1 – Marco Amelia (G), ITA, 28
7 – Pato (A), BRA, 21
8 – Gennaro Gattuso (M), ITA, 32
9 – Filippo Inzaghi (A), ITA, 37
10 – Clarence Seedorf (M), HOL, 34
11 – Zlatan Ibrahimovic (A), SUE, 28
13 – Alessandro Nesta (D), ITA, 34
14 – Rodney Strasser (M), SLE, 20
15 – Sokratis Papastathopoulos (D), GRE, 22
16 – Mathieu Flamini (M), FRA, 26
17 – Massimo Oddo (D), ITA, 34
18 – Marek Jankulovski (D), TCH, 33
19 – Gianluca Zambrotta (D), ITA, 33
20 – Ignazio Abate (M), ITA, 23
21 – Andrea Pirlo (M), ITA, 31
23 – Massimo Ambrosini (M), ITA, 33
25 – Daniele Bonera (D), ITA, 29
27 – Kevin-Prince Boateng (M), GAN, 23
30 – Flavio Roma (G), ITA, 36
32 – Christian Abbiati (G), ITA, 33
33 – Thiago Silva (D), BRA, 25
70 – Robinho (A), BRA, 26
76 – Mario Yepes (D), COL, 34
77 – Luca Antonini (D), ITA, 28
80 – Ronaldinho (A), BRA, 30

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo