Sem categoria

Materazzi: ´´Zidane sempre foi meu ídolo e meu mito´´

Em entrevista publicada na edição desta quinta do diário La Gazzetta dello Sport, Marco Materazzi negou ter feito ofensas racistas a Zidane. O meia foi expulso no segundo tempo da prorrogação da final da Copa, no último domingo, por ter dado uma cabeçada no rival. Além disso, o italiano voltou a afirmar que não ofendeu a mãe do francês.

“Não lhe disse qualquer coisa a respeito de racismo, religião ou política, nem mesmo da mãe dele. Eu não sabia que ela está em um hospital. Envio meu desejo para que melhore logo”, disse o zagueiro.

Materazzi fez questão de elogiar o francês. “Zidane sempre foi meu ídolo e meu mito. Eu o admiro muito. Acho que ele merece a Bola de Ouro [prêmio dado pela Fifa ao melhor jogador da Copa] pelo que fez em campo. Ele foi o melhor”, comentou. O meia corre o risco de perder o troféu por conta de sua agressão.

A Fifa anunciou nesta quinta a abertura de uma investigação sobre a atitude do italiano na final da Copa. Há a suspeita de que ele tenha usado termos racistas para ofender Zidane, embora Materazzi tenha negado tê-lo chamado de “terrorista” ou a mãe dele. Porém, o zagueiro reconheceu tê-lo ofendido.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo