Mata-mata? Tô fora!

Se o Brasileirão deste ano ainda utilizasse a fórmula de mata-mata, haveria neste momento duas torcidas interessadas no campeonato. Mais: se imaginarmos que a tabela que vai se definir no domingo pode acabar com o Botafogo em oitavo – por mais que isso seja improvável -, não se pode eliminar a possibilidade de que a torcida do Botafogo fosse uma delas. O que, por si só, já desmoraliza qualquer defesa do sistema.

Brincadeiras com o Botafogo à parte, nem o mais fanático alvinegro carioca pode achar que sua equipe mereceria disputar o título deste ano. Assim como o Coritiba, o Goiás e até mesmo Palmeiras e Cruzeiro. Não fizeram por merecer o ano todo, não seria justo que, em uma partida ruim, São Paulo ou Grêmio pudessem ver detonado tudo o que construíram o ano todo.

Vai haver, claro, anos em que as coisas vão se definir mais cedo, e a graça vai ser menor. A tendência, porém, como estamos vendo ano a ano, é que as pessoas entendam cada vez melhor o sistema, que os clubes também o façam, e a que a graça só aumente.

A se lamentar, apenas o fato de que demoramos tanto tempo para implantar esta fórmula.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo