Man Utd: O verdadeiro United?

por Leandro Bitner

Após vencer, e convencer, contra o Chelsea, será que dá pra dizer que esse time que jogou é o verdadeiro United? Porque jogamos muito melhor que o adversário e merecemos totalmente a vitória, talvez até uma vitória mais alargada. Porém essa 2×0 saiu de ótimo tamanho para um time que não fazia dois gols no mesmo jogo desde abril, e não fazia dois gols contra o Chelsea desde a temporada 2002/2003.

O time comandou todas as ações do jogo, com uma defesa sólida, um meio-campo que marcou e atacou com grandíssima eficiência e um ataque que lutou. Ataque que ainda está muito abaixo do esperado para a temporada, já que marcou oito gols apenas, número que atingimos no segundo jogo da temporada passada.

Se o ataque não convence, a defesa mostra que está melhor do que nunca, tendo sofrido apenas três gols na temporada. Isso se deve ao grande entrosamento de Rio e Nemanja e à excelente fase de Van der Sar, que estava sofrendo com uma inconstãncia preocupante na temporada passada.

Giggs brilhou domingo, como sempre brilha nos momentos decisivos. Seu cruzamento de três dedos para Carlitos anotar seu primeiro gol foi um primor, além de puxar muitos ataques e se deslocar bem para finalizar, mal, as chances criadas por Rooney e Carrick. Independente de não ter feito um gol, sua inteligência, aliada à capacidade de organização de Scholes e o jogo rápido e constante de Carrick, além da explosão de Ronaldo, mostram que o United tem todos os motivos, e componentes para brilhar essa temporada.

É esperar e se proteger, porque o United vem aí!

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo