Mais que um clube

A resenha do dia 25 de setembro, Futebol, Arte e Cultura, publicada no site da Trivela, analisa um livro que relaciona o futebol a aspectos sociológicos, antropológicos e até religiosos, dando especial ênfase ao papel que o esporte desempenha em questões de identidade cultural, citando o clássico caso da Catalunha.

Já a resenha do dia 12/9 discorreu sobre o DVD do Real Madrid, ao passo que o texto do dia 30 de julho analisou o mais recente livro sobre Ronaldinho Gaúcho. Ora, direta ou indiretamente todos estes caminhos nos levam ao Camp Nou. Dessa forma, trazemos para essa resenha o DVD “FC Barcelona – Mais que um clube”.

Na realidade trata-se de um DVD duplo, sendo que o primeiro tem um enfoque mais institucional, à medida que o segundo traz diversas sessões de extras, mostrando desde as categorias de base do clube até cenas e depoimentos de Ronaldinho Gaúcho.

Quem assiste aos jogos da Liga das Estrelas percebe o desproporcional tempo dedicado a mostrar os cartolas durantes os jogos. Com o primeiro disco do DVD não é diferente. Juan Laporta desempenha papel central e o faz com propriedade, destacando repetidas vezes o papel simbólico que o clube exerce ao unificar, representar e enraizar os traços sócio-culturais da Catalunha, descrita como uma nação sem estado. Isso explica por que o Laporta cita os valores da cultura catalã, o processo de construção do Camp Nou, os 135 mil sócios e 1.600 penhas barcelonistas espalhadas pelo mundo.

Também merecem destaque as partes que retratam o forte vínculo, explicado pela evidente afinidade de valores, entre o Barcelona e a escola holandesa de futebol, além do apreço pelo futebol bem jogado, traço indelével do DNA do clube. Não é à toa que nos últimos 30 anos vestiram o manto blaugraná ninguém menos que Cruyff, Schuster, Maradona, Koeman, Stoichkov, Laudrup, Romário, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Eto’o, Messi e Henry. Não deixa de ser curioso ver Bernd Schuster desmanchando-se em elogios ao Barcelona e Maradona ser comparado a Picasso.

O segundo disco traz uma interessante seleção de partidas do Barça em torneios europeus, a trajetória que levou ao título espanhol de 2005, imagens e depoimentos de Ronaldinho Gaúcho e uma seção específica sobre o centro de treinamento do clube. Destaque positivo para as cenas que mostram as jogadas sobrenaturais do camisa 10 dentuço e negativo para os quase 20 minutos usados para descrever o CT do clube. Mesmo assim esta parte do DVD permite aos telespectadores ver Lionel Messi em seus 14 anos fazendo diabruras nas categorias de base.

Apesar de poucos, o DVD também tem seus pontos baixos. A trilha utilizada em diversas cenas, mistura de dance music com house, destoa das belas imagens. A parte sobre o título da liga em 2005 é excessivamente longa. Também poderiam ter sido mostrados mais lances de Ronaldinho Gaúcho. Além disso, a ala saudosista que espera rever as genialidades de Ronaldo, Romário e Rivaldo irá se frustrar. O primeiro, por razões óbvias, é citado apenas de relance, ao passo que Rivaldo é o integrante do trio que recebe mais destaque. Por fim, se o material tivesse sido produzido alguns meses depois poderia incluir o memorável título da Liga dos Campeões em 2006.

No cômputo geral, o DVD agrada e merece ser alugado ou até mesmo comprado. O material é bem produzido, os depoimentos reforçam a mensagem e as imagens deliciam os amantes do futebol arte. As cenas mais recentes mostram o invejável poderio ofensivo de Ronaldinho e companhia. Não bastasse isso, o DVD ainda ratifica a aura mitológica que faz do Barcelona, de fato, muito mais que um clube.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo