Luc Castaignos: Decisivo e decidido

 

Por Junior Lourenço

A Holanda tem tradição em revelar jogadores ofensivos. Nem precisamos ir tão longe para navegar entre os esquadrões das Copas de 74 e 78. Considerando apenas as recentes gerações, o futebol holandês notabilizou-se com Van Basten, Overmars, Bergkamp, entre outros.

Entretanto, da atual safra de atacantes Robben é o único que empolga. A menos que você seja um grande fã de Huntelaar ou Van Persie, concordará que está na hora dos holandeses apresentarem suas novas apostas. E um jovem do Feyenoord é um dos candidatos da vez.

Juvenil requisitado

Luc Castaignos tem apenas 18 anos, mas seu histórico é mesmo de um garoto promissor. Começou no pequeno Excelsior 20 de sua cidade natal, Schiedam. Muito cedo chamou a atenção de diversos clubes. Naquela ocasião, o menino Castaignos já sentiu como era ser cobiçado por equipes do futebol profissional e tomou sua primeira decisão: escolheu o Feyenoord, um dos grandes da Eredivisie.

Em 2008 assinou seu contrato, mas a estreia só viria no ano seguinte. Aliás, além da sua premiére, 2009 ficou marcado como o ano em que o atacante espalhou sua fama por todo o continente.

De Schiedam para a Europa

Vestiu a camisa laranja da seleção em um amistoso sub-17 contra a Espanha, com somente 15 anos. Comprovou seu talento com um excelente desempenho no Campeonato Europeu sub-17, em 2009. Castaignos ajudou a Holanda na trajetória que culminou no vice-campeonato – a Alemanha venceu a final na prorrogação. Mais do que isso, foi um dos artilheiros e escolhido para a seleção do torneio continental. Em seu portfólio está o posto de maior goleador sub-17 do país.

Era natural que após tudo isso, os grandes clubes demonstrassem interesse. Liverpool, Real Madrid e Internazionale estiveram na lista dos que queriam contar com o futebol do atacante, comparado por alguns como o “novo Henry”.

Na atual temporada já atuou quinze vezes e marcou quatro gols. A má campanha do Feyenoord no campeonato passado deixou o clube de Rotterdam fora das competições europeias. Sendo assim, resta ao atacante ajudar a equipe e desenvolver seu futebol na liga local.

Apesar da pouca idade, Castaignos já coleciona bagagem. Defende um tradicional clube, apareceu no cenário continental e recebeu diversas sondagens. Tudo isso não parece ter abalado a personalidade de quem está acostumado a tomar decisões desde cedo.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo