Hora da verdade

Corinthians e São Paulo estão com o discurso afinado desde o início do ano: a prioridade é a Libertadores. Estadual está em segundo plano. Os dois times se enfrentam no domingo e estão em situação perigosa no Estadual, mas ambos têm jogos importantes da Libertadores no meio da semana.

Se fosse contra times como Rio Branco ou Monte Azul, digo com certeza que os times entrariam em campo recheados de reservas. Afinal, o que importa é a Libertadores. Só que como é clássico e uma derrota pode significar até não classificar para a próxima fase, como fica?

Tanto Corinthians quanto São Paulo podem dar um passo enorme rumo à classificação se vencerem na Libertadores no meio da semana. O São Paulo ainda tem uma viagem longa até o México.

Está na hora de ver se o discurso de Mano Menezes e Ricardo Gomes no início do ano, de que priorizariam a competição sul-americana, vale mesmo ou é só blá blá blá. Porque o São Paulo diz que a Libertadores é prioridade todo ano, mas chega no sclássicos e joga com time titular.

Na semfinal do ano passado, jogou com reservas na Libertadores para jogar contra o Corinthians no domingo – o que resultou em classificação pior no ranking e confrontos teoricamente mais difíceis pela conquista da América do Sul.

Se o discurso dos técnicos valer, teremos um clássico com times mistos. Mas como há pressão das diretorias e uma derrota e eventual eliminação do Paulista mais à frente, os times podem abandonar a tal da priorização e jogar quarta e domingo. Aí, não adianta reclamar depois.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo