Hall da Fama norueguês

Brasileiros espalhados pelo mundo, nos mais estranhos campeonatos nacionais, existem aos montes. A minoria, no entanto, consegue se destacar positivamente, principalmente em ligas menores, onde, normalmente, o desejo de voltar para casa ou a saudade do feijão com arroz prevalecem. No Stabaek, da Noruega, houve uma exceção.

Alanzinho, meia revelado pelo Flamengo e que defendeu o clube norueguês entre 2005 e janeiro deste ano, quando foi negociado com o Trabzonspor por € 4,5 milhões, entrou para o Hall da Fama do Stabaek neste final de semana.

No sábado, na Telenor Arena, antes do início do jogo entre os donos da casa e o Viking (vitória por 2 a 0), pela 18a rodada do Campeonato Norueguês, o jogador foi homenageado pela diretoria e torcedores. Ele é o primeiro estrangeiro a ser nomeado para o Hall da Fama do clube, que inclui mais três jogadores.

Na Noruega, Alanzinho foi campeão nacional em 2008, vice-artilheiro do Campeonato Norueguês e eleito o melhor jogador da competição. Obviamente que a conquista só é significativa guardadas as devidas proporções. De qualquer modo, vale a menção honrosa.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo