Há outros

Se Neymar teve atuação assombrosa, que fez a vitória contra o Paraguai parecer mais fácil do que realmente foi, também dava para se preocupar com o fato de que a Seleção Brasileira sub-20 fosse um Neymar Futebol Clube. Se essa era a preocupação, foi pulverizada com a segunda vitória do time de Ney Franco no Sul-Americano.

Porque o atacante do Santos não foi o grande destaque do triunfo sobre os colombianos. Ele foi para Diego Maurício, que se mexeu, arrumou espaços, finalizou, enfim, foi o atacante que se esperava. E Lucas também não decepcionou: participando de duas das três jogadas de gol, o meia são-paulino se credencia como um dos destaques do Sul-Americano. William José, por sua vez, cresceu de produção, voltando bem para buscar o jogo. E Casemiro parece garantia de segurança no meio-campo.

Enfim, agora se sabe: o Brasil não é só Neymar. Descoberta bastante útil para o resto do Sul-Americano Sub-20. E, com a seriedade apresentada até agora, a possibilidade de que o time não vá para as Olimpíadas é pequena.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo