Grupo D: Chelsea

Torcedores e a imprensa se acostumaram a avaliar o Chelsea de acordo com as contratações bombásticas do início de temporada. Por isso, quando ninguém de peso chega a Stamford Bridge, a sensação é que os Blues estão enfraquecidos. Nada mais falso. O clube londrino não contratou nenhum craque mundial, mas não perdeu os que tinha. Assim, a base que perdeu a LC em 2008 por um escorregão e não foi finalista em 2009 por um minuto continua firme e forte.

Com Cech, Terry, Ashley Cole, Essien, Lampard, Ballack, Joe Cole e Drogba, o Chelsea é um dos melhores times do mundo. Há grandes jogadores em todos os setores e substitutos razoáveis para boa parte das situações. Além disso, conta com a experiência de Carlo Ancelotti, que já conquistou duas Ligas dos Campeões como técnico do Milan.

Se não caírem na armadilha da temporada passada, quando as vaidades dentro do elenco quase sabotaram a campanha do time, os Blues podem manter o futebol intenso e competitivo. A defesa é sólida e bateu recordes de eficiência, o ataque é poderoso e seu estádio intimida os visitantes.

Passar pela fase de grupos é obrigação, e, salvo alguma surpresa ibérica, tem de ser em primeiro lugar. A partir daí, o Chelsea merece ser visto como um dos candidatos ao título e pode começar a protagonizar grandes duelos no mata-mata.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo