Galeano lamenta perda de seis jogadores

Marco Aurélio Galeano, com 470 partidas e 25 gols marcados, é um ídolo recente dos palmeirenses. Posto que conquistou com títulos importantes como Paulista/96, Copa do Brasil/98, Mercosul/98, Libertadores/99, Rio-São Paulo/00, Copa dos Campeões/00. Agora, é coordenador técnico do Palmeiras e falou ao blog.

O que você acha do atual elenco do Palmeiras?


É um elenco forte, mas poderia e precisaria ser mais forte. Infelizmente, quando o presidente Tirone assumiu havia problemas financeiros que impediam contratações. Conversamos com vários jogadores que aceitaram jogar aqui, mas a falta de dinheiro impediu.

Quais foram esses jogadores que não vieram?


O mais importante foi o Ronaldinho Gaucho, mas também perdemos Leo Moura, Junior Cesar, Rafael Moura, Elkison e Rhodolfo. Com eles, daria para sonhar com título.

Não dá para ser campeão do Brasileiro?


Não podemos iludir a torcida. É possível, mas é difícil. Estamos em oitavo lugar, os líderes estão se distanciando e tem outros times em ascensão. Melhor é lutar pela libertadores, essa é a nossa meta.

O que você acha de Kleber e Valdivia?


São excelentes jogadores e que podem fazer a diferença a nosso favor.

Mas não te preocupa a falta de gols do Kleber?


Bem, primeiro é preciso deixar claro que o Kleber não é homem de área, não é um nove. Ele joga mais pelo lado e ajuda os companheiros de área. Além disso, a fase não ajuda e por isso os gols não saem. Mas é m guerreiro, alguém que luta muito e ajuda o time. O Valdivia tem sido vítima de contusões e isso não deixa que ele jogue como sabe.

Qual foi a sua participação no caso do Kleber, quando ele quase deixou o Palmeiras?


Antes, quero explicar quais são as minhas funções no clube. Eu não sou um gerente como o Toninho Cecílio era, não tenho as mesmas funções que ele. Sou coordenador de futebol. Quando o time vai contratar alguém, faço um primeiro contato e passo o caso para o diretor de futebol. Tenho participação na comissão técnica, dou minhas opiniões e sou respeitado pelo Scolari, mas não posso dizer quem deve entrar ou sair do time. E procuro passar aos jogadores um pouco da minha vivência aqui no clube. Foi o que aconteceu com o Kleber.

Como assim?


Ele recebeu uma oferta do Flamengo que o Palmeiras não poderia cobrir. Naquele momento não dava. Então, falei que ele tem potencial para ser ídolo no Flamengo e em outros clubes também, mas que poderia demorar para alcançar o status que tem junto a torcida do Palmeiras. Em outro clube, ele sairia do zero. Falei a favor do clube, como sempre faço e ele entendeu.

Você fala com os jogadores sobre a melhor maneira de usar twitter e as redes sociais?


O Felipão explicou para eles. Isso não leva a nada, só cria polêmica e confusão. Jogador tem de estar bem fisicamente, fazer o melhor possível para ganhar títulos e ser valorizado.

Por que as categorias de base não funcionam?


A última revelação foi o Vagner Love, em 2004. Então, não quer dizer que não funciona agora, faz tempo que não funciona. Mas foram contratadas pessoas competentes e logo aparecerão bons jogadores. O Bruno, lateral de 17 anos, tem um grande futuro. O Patrick Vieira está sendo bem preparado pelo Felipão. As coisas vão melhorar.

 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo