Forsyth: Um “gringo” muito peruano

Durante a Libertadores deste ano, um fato bastante inusitado e, por que não, incômodo aconteceu.. Na partida entre Alianza Lima e São Paulo, vencida pelo Tricolor por 4 a 0, o último gol, marcado pelo lateral Júnior, recebeu uma certa “ajuda” do goleiro do Alianza, que deu uma “empurradinha” na bola antes dela entrar.

Porque falo disso aqui nessa coluna? Bem, o motivo é que aquele goleiro do “frango” é nosso tema desta semana. George Forsyth conseguiu superar a falha e acabou se transferindo para o futebol italiano. Mais precisamente, a Atalanta.

Forsyth não é peruano de nascença. Ele nasceu em Caracas, Venezuela, filho de um diplomata de origem escocesa e mãe chilena. Com a mudança de seu pai para o Peru, acabou tendo a dupla nacionalidade de escocês e peruano (além de passaporte venezuelano e alemão).

Crescendo no Peru, acabou indo para todas as seleções de base do país, conseguindo algum destaque e uma transferência internacional, em 2002, para o Borussia Dortmund. Lá, o máximo que conseguiu foi ter uma “pequena” discussão com seu então companheiro de meta Jens Lehmann.

Na volta ao Peru, Forsyth foi contratado pelo Alianza Lima, no qual defendeu em quatro temporadas. Conquistou o título nacional por duas vezes, em 2004 e 2006. Se tornando o melhor goleiro de seu país, o que o levou a convocações para a Seleção Peruana. Além de uma curta passagem pelo Sport Boys.

O goleiro acabou indo para a Copa América de 2007, na Venezuela, porém, não atuou em nenhum jogo como titular de sua seleção, o que fez apenas duas vezes até aqui.

Em seu país, ele ganhou alguns apelidos como “El Branco”, “El Gringo” (devido a sua origem estrangeira) e “El Loco” (por causa de suas brincadeiras e sua extroversão). Tem como ídolos os lendários Schmeichel, Preud’Homme, Chilavert e Goycochea, além de admirar muito o mexicano Osvaldo Sánchez.

Este ano, Forsyth trocou o Alianza pelo Atalanta, para disputar a atual temporada do Calcio italiano. Participou de alguns amistosos da equipe, mas deve, por enquanto, ser reserva na equipe de Bergamo. Só se espera que, quando titular, deixe para trás momentos como o daquele no Morumbi.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo