Filme repetido

A postura da Internazionale no empate por 0 a 0 com o Barcelona não foi nada diferente da mostrada em outro empate sem gols este ano: contra o Manchester United, no jogo de ida das oitavas de final na última temporada. José Mourinho colocou o meio-campo quase colado na defesa, de forma a tirar espaços das manobras ofensivas do adversário. Naquela oportunidade, porém, Júlio César foi mais exigido do que hoje.

O Barça fez seu jogo típico de posse de bola (63%) e inversões de jogo, valorizando a qualidade de seus passadores, mas quase não criou oportunidades claras. O que significa que a estratégia da Inter deu certo – mas apenas em parte. Para ter chances de vencer o jogo, os nerazzurri precisariam encaixar os contra-ataques, o que não aconteceu, sobretudo no segundo tempo. No fim das contas, tanto Ibrahimovic quanto Eto'o tiveram reencontros apagados com os ex-clubes.

A nota positiva da partida ficou por conta de Lucio, que teve atuação destacada contra os atacantes blaugranas, bem nas antecipações e nas bolas aéreas. Por outro lado, Milito e Sneijder, que haviam jogado bem no dérbi contra o Milan há pouco mais de uma semana, foram discretos, até pela proposta de jogo adotada pela Inter.

Pelo Barça, ficou claro que o meio-campo dependerá do retorno de Iniesta às melhores condições para render o máximo. Keita, que jogou hoje, não parece à altura dos companheiros de setor. Daniel Alves atuou bem, mas sua atuação pode ser avaliada quase somente pelo trabalho ofensivo, já que na retaguarda foi pouco exigido.

Enquanto isso, quem lidera o grupo é o Dynamo Kiev, que venceu o Rubin Kazan por 3 a 1. Nas outras chaves, destaque para a boa virada do desfalcado Arsenal sobre o Standard Liège, na Bélgica, depois de levar dois gols nos primeiros quatro minutos. Liverpool e Sevilla não tiveram a facilidade esperada diante dos estreantes Debrecen e Unirea, mas venceram.

O Olympiacos, que nesta quarta anunciou Zico como novo técnico, fez 1 a 0 no AZ e saiu na frente em uma briga que se projeta equilibrada pelo segundo lugar no grupo H. O Stuttgart decepcionou em casa ao empatar por 1 a 1 com o Rangers, enquanto o Lyon bateu a Fiorentina pelo placar mínimo, beneficiado pela expulsão de Gilardino ainda no primeiro tempo.

Os ingleses fecham a primeira rodada com quatro vitórias – todas apertadas, é verdade – em quatro jogos. Venceram dois dos quatro espanhóis, e apenas um dos quatro italianos. O que ajuda a entender a atual relação de forças na LC.

No duelo esperado, Inter e Barça fazem 0 a 0

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo