Sem categoria

Eric Cantona critica novo dono do Manchester United

Eric Cantona, o “Rei Eric” para a torcida do Manchester United, continua com a língua afiada. Numa entrevista coletiva concedida antes do lançamento de uma escolinha de futebol filiada ao clube em Hong Kong, Cantona disse que teme pelo que possa representar a compra do clube pelo empresário norte-americano Malcolm Glazer.

“O Manchester não é o Chelsea-Abramovich”, disse o ex-jogador ao site canadense canada.com. “O clube não precisa de ninguém. O clube é o mais forte do mundo”.

O comentário de Cantona está de acordo com boa parte da torcida do clube de Old Trafford, que está irritada pela compra do Manchester por Glazer. Entre vários outros pontos, os torcedores não gostaram do endividamento que o clube assumiu na troca de proprietário e da possibilidade de aumento dos preços dos ingressos para os jogos.

“Eu não ligo para ele. Eu não preciso da ajuda dele. Eu não preciso de ninguém”, afirmou Cantona, com a costumeira vocação para o atrito. “Espero que o clube não perca a sua identidade, porque seria uma coisa muito triste”.

Eric Cantona foi atacante do Manchester United, tendo jogado também pelo Olympique Marselha, Bordeaux e Leeds United. Era adorado pelos torcedores do Manchester pela sua personalidade forte e pela sua raça. O jogador se aposentou em 1997, com apenas 30 anos. Depois disso, participou de vários filmes como ator e também jogou ‘beach soccer’ em alguns torneios amistosos.

Cantona ficou muito famoso por causa de uma briga com um torcedor do Crystal Palace em Selhurst Park. O jogador deu uma voadora no torcedor após ter sido expulso, tomando uma suspensão de 10 meses.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo