Entrevista: Rafael (Manchester United)

A defesa do Manchester United começa a fase de grupos da LC ainda em ajustes, já que Vidic e Rio Ferdinand voltam de contusão, e Van der Sar ainda está fora. Alex Ferguson prepara os jogadores jovens, como você, seu irmão Fábio e Jonny Evans para qualquer eventualidade?

Não. Geralmente, os jogadores mais jovens são avisados de que serão escalados a três, quatro dias da partida. Não há uma preparação especial para substituir os titulares.

Mesmo com a derrota na final da LC passada, o time estava bem entrosado. A saída de Cristiano Ronaldo e Tevez obrigou a um trabalho mais duro na pré-temporada?

Mesmo quando ambos estavam no elenco, já trabalhávamos forte na pré-temporada. É claro que a saída deles significa, já que são dois jogadores fantásticos. Mas continuamos com um ritmo forte nesta preparação, até para adaptar logo os reforços à equipe.

O Wolfsburg, campeão alemão, é apontado como o grande oponente do United nesta fase de grupos. E sobre Besiktas e CSKA Moscou, os outros adversários, qual é a expectativa?

Não falei muito sobre eles, mas são boas equipes, também. Sofreremos com as longas viagens para as partidas do grupo, mas estamos confiantes na classificação.

O tempo passado na Inglaterra já fez de você um jogador mais apto a ser improvisado em outras posições, fora a ala ou a lateral direitas, suas posições de origem? Os mais veteranos lhe dão calma para um bom desempenho?

Com certeza, estou mais adaptado às improvisações. Já sou mais experiente no futebol inglês, e tenho capacidade de jogar em outros setores. Aprende-se muito com os mais veteranos, dos quais escuto muitos conselhos, sempre úteis.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo