Entrevista: Diogo (Olympiacos)

O Olympiacos caiu em um grupo que tem o Arsenal como favorito, mas tem dois adversários (Standard e AZ) que permitem sonhar com a classificação. Que objetivos o time tem no torneio?

Nosso objetivo é passar pela fase de grupos. Pensar em título é difícil, por causa de todas as potências que disputam, mas a classificação para as oitavas é possível. Temos de estar atentos, porque são adversários perigosos, especialmente porque jogam bem em casa.

O time mudou de técnico, com a chegada de Temuri Ketsbaia. Mudou muita coisa na equipe?

Mudou sim, até porque saíram alguns jogadores importantes e chegaram outros. Com o novo treinador, jogamos em um esquema um pouco mais defensivo. Minha função também mudou, agora jogo mais centralizado, até porque agora jogamos com apenas um atacante de área.

Pontuar em casa é fundamental para o time chegar longe na competição. Qual a importância da participação da torcida?

Nossa torcida é maravilhosa. Ela cobra, mas está sempre incentivando. Com esse apoio, perdemos apenas três vezes em casa durante toda a última temporada.

Na temporada passada, você não pôde disputar a LC por causa da eliminação do time contra o Anorthosis na fase preliminar. Foi muito frustrante?

Eu cheguei justo na semana do jogo decisivo, senti uma grande ansiedade, mas não podia ajudar. De qualquer forma, foi um fato positivo termos disputado a Copa Uefa, também enfrentamos grandes equipes, fizemos uma boa participação e me ajudou a ganhar experiência. É claro que jogar a Liga dos Campeões é outra coisa. É como uma Copa do Mundo de clubes. Ainda sou novo e quero jogar muitas outras.

Quem você aponta como favoritos?

É sempre difícil apontar favoritos, mas times como Barcelona e Real Madrid entram muito fortes, além do Manchester United.

Como foi sua adaptação à vida na Grécia?

Foi uma adaptação muito rápida. A torcida te ajuda a se sentir à vontade. O povo é muito caloroso e gosta de brasileiros.

Acredita em uma oportunidade na Seleção caso se destaque na LC?

Seleção agora é difícil, o grupo parece estar fechado. Mas é algo que está no meu pensamento para o futuro.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo