Dupla torcida

O Atlético de Madrid está de volta à Liga dos Campeões depois de doze anos. Agora, os 'colchoneros' têm mais uma espera importante: serão cabeças-de-chave ou não na terceira fase preliminar? A pouca freqüência nas competições européias nas últimas temporadas comprometeu o coeficiente da equipe, que pode não bastar para um lugar no pote principal do sorteio.

A única chance do Atlético é esperar que Olympique Marseille e Ajax percam as vagas na França e na Holanda, respectivamente, para Nancy e Twente – ambos com coeficiente menor que o clube da capital espanhola. Se pelo menos um entre OM e Ajax se classificar, o Atlético cai para o segundo pote e corre o risco de enfrentar times como Liverpool, Arsenal, Juventus e Fiorentina (ou Milan).

O Real Madrid também terá de esperar para saber seu pote na fase de grupos, já que as seguidas eliminações nas oitavas-de-final passam fatura no coeficiente. Se a Fiorentina ficar com a última vaga italiana, o Real Madrid será o último cabeça-de-chave. No entanto, se der Milan, os 'merengues' caem para o pote 2 – a não ser que um entre Milan, Liverpool, Barcelona e Arsenal seja eliminado na preliminar.

Quem gosta de acompanhar estes cálculos tem como referência obrigatória o Uefa European Cup Football by Bert Kassies, excelente banco de dados das competições européias, sempre atualizado.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo