Sem categoria

Dirigente português afirma ter ´pacto de cavalheiros´ com Felipão

Para Gilberto Madail, presidente da federação portuguesa, a Inglaterra não conseguirá o acerto com Luiz Felipe Scolari, pelo menos antes do início da Copa. O dirigente afirmou ter um ‘acordo de cavalheiros’ com o brasileiro, pelo qual o técnico só decidirá a respeito do futuro após o Mundial.

De acordo com rumores, Scolari é o nome mais forte para ser o sucessor de Sven Goran Eriksson no comando da seleção inglesa. A federação deseja nomear o substituto antes do Mundial, mas Madail tratou de esfriar os ânimos.

“Temos um acordo de cavalheiros e ele não será quebrado. Tenho a palavra de Scolari. Não acredito nas informações divulgadas pela imprensa inglesa. Scolari é um profissional como qualquer outro. Nós só decidiremos depois da Copa. O dia 31 de julho é a ocasião certa para falar sobre este assunto. Nossa preocupação principal no momento é realizar nosso sonho no Mundial”, disse Madail.

Na segunda, em entrevista à rádio BBC, Felipão afirmou que está concentrado apenas nos Tugas no momento. “Tenho contrato com Portugal até o dia 31 de julho e até este dia sou treinador de Portugal. Não penso na Inglaterra. Se pensasse, esqueceria Portugal, que não é meu trabalho agora”, declarou o técnico.

*foto: Frank Kohl/Trivela

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo