Dida

Em seus melhores dias, Dida era um goleiro que qualquer time queria ter. Até mesmo sua deficiência mais evidente, a saída do gol, era relevada em função de sua qualidade inconstestável como “shot-stopper” (defensor de chutes, como dizem os ingleses).

O Dida de hoje não inspira confiança. Parece não ter os mesmos reflexos e nem mesmo a autoconfiança de outros tempos. Não é de agora, mas desde a temporada passada.

Contra o Siena, ele cometeu mais um erro que custou caro ao Milan, soltando a bola nos pés de Maccarone. Ainda que Nesta tenha evitado o vexame no final, são pontos que farão falta no fim.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo