Deus da raça

O Corinthians ganhou do São Paulo merecidamente: acreditou que podia vencer, mesmo com a enorme discrepância técnica, que sumiu. Não dá para deixar de dizer, no entanto, que se Rogério Ceni não fizesse sempre questão de “jogar para a torcida”, o gol talvez não tivesse saído.

O goleiro tricolor claramente não tinha condições de jogo. Vai dar uma de herói dizendo que “não poderia jogar o moleque em uma fogueira dessas”, já seu reserva, Bosco, está suspenso, e ele teria que ser substituído por um jovem inexperiente.

É provável que não seja bem isso. O goleiro do São Paulo, como sói acontecer, achou que era mais um momento em que poderia dar uma de “Deus da raça”. É provável que a derrota não mude nada na vida do São Paulo, e até por isso pode ser que Ceni tenha entrado nessa. Mas o gol foi culpa dele. Um goleiro em condições teria impedido a bola de cruzar a área.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo