Deportivo Quito: em busca do clássico

Bicampeão nacional em 2008 e 2009, o Deportivo Quito sofreu com a saída do técnico Rubén Dario Insua e não teve o mesmo desempenho na temporada passada. Quarto colocado na fase classificatória, conseguiu a vaga na Libertadores após vencer o Barcelona de Guayaquil, terceiro colocado, com uma vitória em casa por 2 a 0 e uma derrota no jogo de volta por 3 a 1. O gol fora de casa, marcado por Oswaldo Minda, decidiu o confronto.

Caso vença o duelo contra o Independiente na primeira fase da Libertadores, o Deportivo Quito já terá conseguido um feito: participará da competição em três oportunidades consecutivas pela primeira vez em sua história. A façanha pode ser ainda maior se considerarmos que a equipe cairia no Grupo 8, composto pelo decadente Peñarol, o pouco tradicional Godoy Cruz, e a LDU, time conterrâneo. Com alguma sorte e o bom aproveitamento do fator altitude, não seria nenhum exagero sonhar com uma vaga nas oitavas.

Entre os diversos reforços contratados para 2011, destaca-se o experiente goleiro Marcelo Elizaga, 38 anos, que já atuou pela seleção nacional e recentemente estava na reserva do Emelec. O atacante colombiano Luis Alberto Perea, filho do ex-zagueiro Luis Carlos Perea, que disputou as Copas do Mundo de 1990 e 1994, foi contratado para resolver o problema de falta de gols da equipe. Outra esperança é o centroavante argentino Gonzalo Rovira, que fez muito sucesso nas divisões de base do San Lorenzo. O ex-santista Michael Jackson Quiñonez é uma opção para os lados do campo.

No meio-campo, o destaque é Luis Saritama, capitão do time e ídolo da torcida. Revelado nas divisões de base do próprio clube, Saritama disputou também a Copa do Mundo de 2006 pela seleção equatoriana e teve boas passagens por Alianza Lima e América-MEX. O volante Fidel Martinez, que passou pelo Cruzeiro, foi repatriado. A defesa é, certamente, o setor mais vulnerável do clube, pois o experiente Iván Hurtado retornou ao Barcelona de Guayaquil.

Elenco:

Marcelo Elizaga, G (EQU)
Adrián Bone, G (EQU)

Isaac Mina, D (EQU)
Luis Checa, D (EQU)
Ángel Escobar, D (EQU)
José Aguirre, D (EQU)
Deison Mendez, D (EQU)
Mariano Mina, D (EQU)
Michael Castro, D (EQU)
Pedro Esterilla, D (EQU)
Dixon Arroyo, D (EQU)

Tilson Oswaldo Minda, M (EQU)
Fidel Martinez, M (EQU)
Segundo Castillo, M (EQU)
Juan Carlos Paredes, M (EQU)
Gustavo Rodas, M (ARG)
Alex Bolaños, M (EQU)
Luis Saritama, M (EQU)
Santiago Morales, M (EQU)
Michael Jackson Quiñonez, M (EQU)

Luis Alberto Perea, A (EQU)
Gonzalo Rovira, A (ARG)
José Carlos Fernández, A (EQU)
Jesús Alcivar, A (EQU)
Maximiliano Bevacqua, A (ARG)

Momento histórico contra um brasileiro:

Internacional 3×0 Deportivo Quito, pela Copa Libertadores 2010. Péssima lembrança do Colorado…

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo